Facebook Rádio Águas Claras

Notícias

Golpe/Fraude - 13/06/2019

Golpe do falso leilão para venda de carros pela internet causa prejuízos a usuários no RS

Mais um golpe causa prejuízos no Rio Grande do Sul. Desta vez, trata-se do falso leilão de carros pela internet. Os ganhadores pagam valores mais acessíveis se comparados aos de mercado, mas após o depósito, não recebem o veículo.

Um dentista que foi vítima e prefere ter a identidade preservada conta que procurou o leilão por indicação de um amigo, com o objetivo de presentear a filha com um carro. Após fazer uma busca na internet, encontrou em um site o que procurava.

"Falava em Receita Federal, a gente acha que é uma coisa idônea, perfeita. Eu comecei a vistoriar os carros e acabei gostando de um carro, e fiz o lance final. Ganhei o leilão e, duas horas depois, me ligaram dizendo o que eu deveria fazer, depositar o valor e tal", conta.

Para a compra dos veículos, é dado um lance mínimo. Quem ofertar mais, dentro de um determinado prazo, tem o direito de adquirir o bem. Ao dar o lance vencedor do leilão, o dentista pensava ter feito um excelente negócio: pagou por uma caminhonete três vezes menos do que o valor de mercado. Na verdade, ele havia caído num golpe.

"O valor de mercado era R$ 137 mil, da Fipe, e o valor que eu paguei foi de R$ 46.275. Fiz o depósito, e esse carro nunca mais apareceu. Eu fiquei com muita vergonha de ter entrado numa história dessas", conta o dentista.O site é bem feito e tem até telefone de contato, mas se o interessado checar o endereço, vai ver que no local não existe a sede da empresa de leilões. No terreno, funciona um armazém que está à venda no distrito industrial de Curitiba. Foi a esposa do dentista que descobriu a fraude.

"No momento em que o carro não chegava, eu peguei a nota fiscal, entrei no Google e digitei o endereço da empresa. Quando eu vi que realmente não era o escritório, eu fiquei mais assustada ainda", relata a mulher, que também preferiu não se identificar.

A Receita Federal diz que não autoriza sites a leiloarem carros usando o nome do órgão.

"Nós sempre vamos alertar o contribuinte: compras em leilões oferecidos pela Receita é no site oficial da Receita", esclarece o superintendente adjunto da receita federal Ademir Gomes de Oliveira.

Bandidos usam leilões oficiais como fachada porque, neste tipo de compra, é comum os bens serem negociados por valores abaixo do mercado. Por isso, não desperta suspeita por parte dos usuários.

A polícia diz que é difícil conseguir o dinheiro de volta e identificar os bandidos. "Geralmente, esses dados usados são dados falsos ou de laranjas, o que dificulta um pouco a identificação da autoria", justifica o delegado da Polícia Civil André Anicet.

Para evitar cair no golpe, é preciso desconfiar de ofertas tentadoras, pesquisar se existem reclamações na internet contra a empresa de leilão e vistoriar pessoalmente o carro a ser comprado.

"A lição foi essa, perdi, mas espero que outros não percam com isso, que tenham a sensibilidade que eu não tive, da pesquisa", diz o dentista.

Dicas da Polícia Civil para não cair no golpe:

 

  • Desconfiar de ofertas tentadoras;
  • Pesquisar reclamações na internet;
  • Vistoriar o carro antes da compra.
  • G1 RS

Campo Obrigatório
Cotação do Dia 22/07/2019
SOJA
TRIGO
MILHO
R$ 68,00
R$
R$ 00,00
Fonte:
Previsão do Tempo

Publicidade

Campo Obrigatório
End.: Av. Rio Branco, 616, Centro - Catuípe - RS
Fone: (55)3336-1328 | E-mail: contato@radioaguasclaras.com.br
© 2019 Rádio Águas Claras - AM ZYK 361 - 1250 KHZ - Todos os Direitos Reservados
Site desenvolvido por Lccomuni