Agricultura gaúcha não deve sofrer com estiagem nos próximos meses, prevê meteorologia

Não há previsão de seca no radar da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul – pelo menos nos prognósticos estudados até agora. De acordo com o meteorologista Flavio Varone, integrante da secretaria, o Estado não deve sofrer com estiagem nos próximos meses, o que tende a garantir uma boa safra de grãos no verão.

– Como não tem nenhum fenômeno climático que mude a circulação na atmosfera a nível normal, como La Niña ou El Niño, a tendência é de normalidade. Ou seja, a primavera deve ter chuva dentro do esperado, o mesmo para o verão – explica Varone, ao detalhar que pode ocorrer alternância em períodos mais chuvosos e outros mais secos.

Para o meteorologista, o quadro que se desenha para os próximos meses revela uma condição bastante favorável, principalmente para a agricultura.

– A princípio, não teremos seca. Claro que, no verão, poderemos ter estiagens curtas, de 10 ou 12 dias. Mas não prolongadas – reitera.

Sobre as culturas de inverno, Varone considera que as temperaturas baixas já estão se despedindo da atmosfera gaúcha. Mesmo assim, o especialista não descarta a ocorrência de geada.

– Mas o padrão que se apresenta não indica prejuízo também para essas culturas – reitera. 

ZERO HORA

voltar
© Copyright 2019