Aplicativo facilita documentação para movimentar equinos no RS

Para facilitar o transporte de equinos no Rio Grande do Sul, o governo do Estado lançou um aplicativo para smartphone que amplia a agilidade e a segurança no registro dos animais. Pioneiro no país, o app Galope simplifica a emissão do Documento de Movimentação de Equídeos Identificados, a Guia de Trânsito Animal. A nova ferramenta digital foi lançada pelo governador José Ivo Sartori, na tarde desta quarta-feira (28), em cerimônia no Palácio Piratini.

 


"O aplicativo para celular vai simplificar a emissão das guias e facilitar a vida dos criadores que precisam transportar seus cavalos a exposições, rodeios e cavalgadas, por exemplo. Com todas as informações no celular, vamos reduzir o tempo de emissão da guia, desperdiçando menos tempo e papel", destacou Sartori em seu discurso.

 


De acordo com o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, a criação do software é resultado de um esforço feito por servidores estaduais e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com o apoio de todas as entidades do setor de equinos, como o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e a Federação Gaúcha de Laço.

 


Através do aplicativo, o produtor rural poderá registrar seu animal, informando os dados de cadastro, vacinas, exames e resenhas. Após a validação da documentação, é possível emitir os documentos de movimentação de trânsito facilmente. No entanto, o modelo atual de movimentação das guias permanecerá sendo utilizado.

 


O rebanho equino no Rio Grande do Sul é de cerca de 584 mil animais. Para a movimentação dos cavalos, são emitidas 480 mil guias de trânsito animal por ano, sendo 90% delas para eventos esportivos.

 


O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcha (MTG), Nairo Callegaro, afirmou que o lançamento do aplicativo é uma grande notícia para o setor. “É um presente para mim, que faço aniversário na próxima semana, e a todos os tradicionalistas. Muito obrigado, governo do Estado e deputados estaduais que participaram da construção dessa iniciativa. Essa ferramenta moderna vai ser capaz de atender aos anseios dos tradicionalistas".

 


Para o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul, Air Fagundes, a ferramenta, além de ágil, proporciona grande contribuição à sanidade animal.

 


Criado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), o aplicativo integra o programa Agro+RS.

 


 


Fonte: Site do Governo do Estado do RS 

voltar
© Copyright 2019