Após duas tentativas frustradas, Sartori e Levy se reúnem em Brasília

O governador José Ivo Sartori foi recebido por volta das 20h30 desta quarta-feira (12) pelo Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em Brasília. Depois de duas tentativas frustradas ao longo do dia, Sartori ficou reunido cerca de 20 minutos com o ministro e falou que o Estado precisa da solidariedade ativa do governo federal.

"Além de construir questões do futuro, já que o governo federal vem fazendo o seu processo de ajuste, nós estamos fazendo o nosso porque queremos fazer nosso dever de casa. Vamos mantendo ó diálogo, o entendimento e a superação de conflitos que porventura possam existir. Nós vamos trabalhar irmãmente (SIC)", afirmou o governador.

Quando questionado se o ministro Levy falou algo diferente do que o secretário do Tesouro Nacional, Marcelo  Saintive, apresentou pela manhã, o governador Sartori disse que não: "Nós falamos de outras questões, outras situações. Hoje de manhã a conversa com a Secretaria do Tesouro foi mais de aproximação dos técnicos do Estado e do governo federal para que se possa construir projetos de financiamento para o futuro".

Na reunião no Tesouro Nacional, pela manhã, a equipe do governador gaúcho pediu autorização do Tesouro para realizar operações de crédito com o CAF, o Banco de Desenvolvimento da América Latina, que não teve nenhum dos contratos librados pelo governo federal ainda este ano e de dos futuros financiamentos, que o governo gaúcho poderá contrair em 2016, quando for regulamentado o novo cálculo das parcelas da dívida com a União, o que abrirá teto fiscal para empréstimos.

voltar
© Copyright 2019