Após governo decretar contenção de gastos, secretário viajará aos EUA

O governo do Rio Grande do Sul publicou no Diário Oficial do estado desta quinta-feira (14) arenovação do decreto de contenção de gastos que prevê a redução das despesas com diárias e passagens aéreas. No entanto, existem algumas exceções como as viagens de secretários para fora do país. Vieira da Cunha, titular da pasta de Educação, deve embarcar para os Estados Unidos no próximo dia 24.Em 2015, a mesma medida de contenção de gastos representou uma economia de R$ 980 milhões para os cofres do Rio Grande do Sul. O decreto publicado nesta quinta tem validade de 180 dias.

O secretário de Educação do estado, Vieira da Cunha, disse que baixou os gastos com viagens de R$ 5,4 milhões, em 2014, para R$ 1,2 milhões, em 2015. No entanto, ele deve embarcar para os Estados Unidos para conhecer inciativas voltadas para o ensino médio.

“Está justificada, inclusive, é uma viagem da qual vão participar outros secretários de Educação. É um programa voltado para a questão do ensino médio. Vamos conhecer arealidade educacional dos Estados Unidos da América no que se refere ao ensino médio. Trata-se, portanto, de uma missão oficial e importante. E por isso, nós vamos participar dessa viagem, e eu tenho certeza que traremos dos Estados Unidos informações importantes para qualificarmos o ensino médio no nosso estado”, disse o secretário justificando.O roteiro inicial previa uma viagem à Inglaterra para depois seguir para os Estados Unidos, mas Cunha mudou de ideia por conta do valor das passagens para Londres. O valor gastos com os bilhetes não foi divulgado pela secretaria.

Já as seis diárias pagas pela viagem nos Estados Unidos representarão um gasto de U$ 300, cada, totalizando aproximadamente R$ 7,5 mil.

voltar
© Copyright 2019