Área de soja deve crescer 3,1% e de milho, cair 9,7% no Rio Grande do Sul

A primeira estimativa de intenção de plantio da safra de verão 2015/2016 elaborada pela empresa de assistência técnica e extensão rural do Rio Grande do Sul (Emater/RS) prevê leve aumento de 53,7 mil hectares na área cultiva com grãos, que deve somar 7,352 milhões de hectares.

A soja segue avançando nos campos gaúchos e deve ganhar nesta safra mais 165,3 mil hectares (3,1%) e atingir a maior área da série histórica: 5,429 milhões de hectares. A previsão inicial é de queda de 7% na produção de soja (para 27,6 milhões de toneladas), devido principalmente expectativa de retração de 6,1% na produtividade, para 2.800 kg/hectares. Vale lembrar que o clima favorável na safra passada impulsionou a produtividade da soja gaúcha para o recorde de 2.983 kg/ha.

A cultura que mais perdeu área para a soja no Rio Grande do Sul foi o milho, que encolheu mais 84 mil hectares (9,7%) para 779,6 mil hectares. A estimativa é de queda de 21,8% na produção, por conta da expectativa de retração de 13,4% na produtividade, para 5.650 kg/ha, ante o recorde de 6.523 kg/ha registrado na safra passada.

A estimativa da Emater indica que os produtores de arroz vão reduzir a área cultivada em 25,2 mil hectares, para 1,102 milhão de hectares. A produção deve recuar 4,5% para 8,29 milhões de toneladas, pressionada também pela queda de 2,3% na produtividade, para 7.520 kg. A cultura de feijão deve perder 2,4 mil hectares (5,7%) para 40,6 mil hectares. A produção deve recuar 6,4% (para 56,9 mil toneladas).

Fonte: Globo Rural

voltar
© Copyright 2019