Assembleia derruba vetos de Sartori a reajuste de servidores de 5 órgãos

Os deputados estaduais derrubaram, nesta terça-feira (12), os vetos do governador José Ivo Sartori a projetos de lei que concedem aumento de salários para servidores de cinco órgãos. O impacto financeiro, somadas todas as folhas, chegará a cerca de R$ 194,5 milhões neste ano.

Os projetos tratam de reajustes para os funcionários do Poder Judiciário, da Assembleia Legislativa, do Ministério Público, da Defensoria Pública e do Tribunal de Contas do Estado. O aumento será de 8,13%, referente à inflação do período de 2014 a 2015, e retroativo a janeiro deste ano.

A derrubada dos vetos é a primeira derrota do governo Sartori em votações na Assembleia. Os projetos passaram em plenário com mais de 30 votos favoráveis – para que os vetos fossem derrubados, eram necessários 28 votos. Inclusive parte da bancada do PMDB, o partido do governador, votou contra a proposta do Executivo.

Os reajustes foram vetados em maio pelo governador, que justificou a decisão devido à crise financeira do Estado. No mês de junho, por exemplo, os servidores do Executivo voltaram a receber salários parcelados.

"Respeito as categorias envolvidas, mas não posso ignorar a situação dos servidores do Executivo, especialmente professores e policiais. Entendo que a reposição pretendida é justa, mas inoportuna. Não está em sintonia com a profunda crise que vivemos", disse Sartori à época.

A partir de agora, as propostas seguem novamente para o Executivo. Se o governador não sancionar o aumento às categorias em 48 horas, a presidente do Legislativo, deputada Silvana Covatti (PP), promulgará a lei no Diário Oficial da Assembleia.

voltar
© Copyright 2019