Assinado o contrato para a implantação da usina de lixo para geração de energia elétrica em Panambi

O Prefeito Municipal Miguel Schmitt-Prym– Presidente do Consórcio Intermunicipal de destinação de resíduos sólidos urbanos e industriais (Lixo)e o Vice-Prefeito de Condor Walmir Land assinaram contrato com a INTRAR ECO ENERGY PARA A IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA QUE VAI TRANSFORMAR, POR GASEIFICAÇÃO O LIXO URBANO E INDUSTRIAL EM ENERGIA ELÉTRICA.

A futura usina que será instalada em Panambi será o modelo para expandir os negócios da empresa para toda a América Latina com uma tecnologia inovadora que não polui, não resulta em chorume, não tem fumaça e nem gases tóxicos na atmosfera. Será uma indústria sem chaminés, que gerará seis megawatts de energia elétrica por hora, funcionando vinte e quatro horas por dia e todos os dias do ano, inclusive domingos e feriados.

O contrato foi assinado pelo Consórcio de Destinação de lixo Urbano Panambi/Condor e terá um investimento de vinte e quatro milhões de reais de investidores gaúchos e paulistas. Por parte da empresa assinaram o contrato os diretores Lori Giombelli e Diego Antunes, engenheiros responsáveis pela implantação da usina.

O empreendimento terá grande repercussão e vantagens para os municípios que hoje pagam para a destinação de lixo.

O Município de Panambi terá uma economia de um milhão e duzentos mil reais por ano, que é o custo atual de manutenção do aterro sanitário. Ijuí que leva o lixo para um aterro de Giruá, terá uma economia de mais de cinco milhões de reais.

Além disso,Panambi terá o retorno do ICMS por ter destinado a área e ter patrocinado todo o processo que resultou no edital de licitação que provocou o surgimento da nova empresa.

Além disso, mais de oitenta por cento das máquinas poderão ser fabricadas no Polo Metal Mecânico de Panambi e Condor.;

O Prefeito Miguel que é o Presidente do Consórcio Panambi/Condor projeta uma economia global de mais de duzentos milhões de reais para as trinta e duas prefeituras que já se comprometeram a abastecer a futura usina com duzentas toneladas de lixo por dia.

A partir da próxima semana a empresa já encaminhará as documentações para as licenças ambientais e tão logo estas estejam expedidas iniciará as obras com prazo de seis meses para a sua conclusão e entrada em funcionamento.

voltar
© Copyright 2019