Aumenta o número de casos suspeitos de microcefalia no Brasil

O Ministério da Saúde divulgou na tarde desta terça-feira (5) um novo boletim epidemiológico sobre casos suspeitos de microcefalia, relacionados ao zika vírus, em recém-nascidos. Ao todo são 3.174 casos registrados, em 684 cidades de 21 estados brasileiros.

Pernambuco é o estado com o maior número de casos, com 1.185 no total. Logo depois vem a Paraíba, com 504 casos, Bahia, com 312, e Rio Grande do Norte, com 169 ocorrências.

O estado do Amazonas, que até então não tinha nenhum registro, agora tem um caso suspeito que está sendo analisado. 

No Rio Grande do Sul, há apenas um caso suspeito que está sendo investigado pelo Ministério da Saúde. Trata-se de um bebê de quatro meses, de Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

A mãe da criança viajou ao Nordeste do País no final do ano passado e sentiu os sintomas do zika vírus durante a gestação. Segundo a prefeitura de Esteio, o bebê recebe atendimento especializado. 

O Ministério investiga ainda 38 mortes de bebês com microcefalia, que podem estar relacionados ao zika vírus. 

voltar
© Copyright 2019