Bancários rejeitam nova proposta e categoria permanece em greve

Os bancários rejeitaram a nova proposta de reajuste salarial dos bancos, apresentada nesta quarta-feira (28) e seguem em greve nacional. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu aumento de 7% no salário e demais benefícios mais um abono de R$ 3,5 mil, R$ 200 a mais do que a proposta anterior.

Segundo a categoria, a nova proposta ainda é insuficiente. Os bancários querem reposição da inflação do período, mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.

A greve dos bancários já dura 23 dias, com mais de 1.030 agências fechadas no Rio Grande do Sul, conforme SindiBancários. Não há nova rodada de negociação marcada com a Federação Nacional dos Bancos.

voltar
© Copyright 2019