Cai número de manifestações de caminhoneiros no RS

São sete os pontos de manifestações de caminhoneiros em rodovias federais e um em estaduais do Rio Grande do Sul na noite desta terça-feira (10). O número de trechos caiu em relação ao início da tarde, quando havia 13 pontos.

Apesar dos protestos, não há bloqueio de rodovias. Caminhoneiros estão mobilizados às margens das estradas, pedindo para que veículos de carga parem e participem das manifestações. Também não há registro de tumultos. 

A manifestação ocorre na BR-285, em Carazinho; BR-472, em Santa Rosa; BR-293, em Dom Pedrito, BR-392, em Porto Xavier, na BR-285, em Ijuí; RS-287, em Santa Cruz do Sul.

O protesto é contra a corrupção no Brasil, contra o aumento do diesel e pelo reajuste da tabela do frete.

Multa em caso de bloqueios

Os caminhoneiros que realizarem protestos trancando rodovias no País poderão ser multados em R$ 1.915,00. A determinação foi firmada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ao comentar os protestos que atingiram onze Estados na segunda-feira.

A orientação, prevista na legislação de trânsito brasileira, já foi repassada à Polícia Rodoviária Federal (PRF) que, além de aplicar as multas, poderá desobstruir as estradas e garantir a segurança dos motoristas que não quiserem aderir ao movimento.

voltar
© Copyright 2019