Chuva de granizo afeta mais de 500 famílias no Rio Grande do Sul

A chuva de granizo desta quarta-feira (16) atingiu cidades da Região Metropolitana, do Vale do Taquari, Litoral, Fronteira Oeste e do Sul do Estado, e causou estragos em quatro municípios. São eles:Paverama, na Região dos Vales, Bagé eSantana do Livramento, na Fronteira Oeste, e Gravataí, na Região Metropolitana, que teve o maior estrago.

Ao todo, 520 famílias tiveram as casas atingidas, conforme balanço divulgado pela Defesa Civil no final da tarde.

Gravataí: 350 famílias atingidas (três pessoas feridas)
Paverama: 70
Bagé: 40
Santana do Livramento: 60

Os afetados estão recebendo locais dos bombeiros e da Defesa Civil. Nas demais cidades, a chuva torrencial e a de granizo registraram apenas alagamentos. A Defesa Civil do Rio Grande do Sul segue realizando levantamento dos dados e contabilizando os prejuízos.

Qualquer nova informação ou aviso de risco podem ser relatados pelo telefone 199, que atende 24 horas. O alerta do órgão segue: há risco de novos temporais no estado até o fim de semana.

Falta de luz
A área de concessão da RGE é a mais atingida com cerca de 20 mil pontos sem luz neste momento. A CEEE informa que os problemas no serviço estão pontos isolados na grande Porto Alegre e do Sul do Estado. A AES não divulgou um balanço de clientes, porque segundo a empresa, não há um número significativo de clientes sem luz.

Conforme as empresas, a energia se normaliza durante esta tarde ou no começo da noite. Uma outra informação importante: o aeroporto Salgado filho funciona normalmente nesta tarde./ Durante a manhã, seis voos foram cancelados./

voltar
© Copyright 2019