Chuva inunda ruas e tira famílias de casa no Rio Grande do Sul

A chuva e o vento intensos da madrugada desta quarta-feira (4) causaram danos em residências de pelo menos quatro municípios gaúchos. A pior situação é a de Viamão, onde cinco bairros são afetados por inundação, com casas invadidas pela água e moradores tendo que ser realocados. Charqueadas, Santa Cruz do Sul e Imbé também têm moradias danificadas. Não há informações sobre pessoas feridas.

Em Viamão, os bairros afetados são: Gaúcha, Augusta, Santo Onofre, Santa Isabel e Cecília. Conforme os bombeiros, não há um levantamento do número de famílias afetadas, mas cerca de seis casas desabaram, há ruas debaixo d'água e residências com a água atingindo a metade da altura das paredes. O bairro Gaúcha foi o mais afetado, também com queda de postes e um córrego inundando ruas. Bombeiros relatam dificuldade de fazer contato com a Defesa Civil municipal e atenderam mais de 100 ligações relatando problemas causados pelo temporal.

Segundo as primeiras informações dos bombeiros de Charqueadas, quatro famílias tiveram de sair de casa. O vento também destelhou quatro residências de Santa Cruz do Sul e uma de Imbé – de onde oito pessoas de uma família tiveram de ser retiradas, no bairro Mariluz.

Falta de luz

A partir da meia-noite, a chuva ganhou intensidade, avançando pela Região Central, passando pela Região Carbonífera e atingindo ainda a grande Porto Alegre e o Litoral Norte. Com isso, consumidores tiveram falta de luz em diversos pontos. Às 5h30, a CEEE registrou 22 mil clientes sem o serviço na Região Carbonífera: em Arroio dos Ratos, Charqueadas, Butiá e Minas do Leão. Alvorada e Viamão somam 3 mil clientes sem o fornecimento. Em São Lourenço do Sul, na Zona Sul do Estado, cerca de 10 mil clientes da CEEE ficaram sem luz após dois alimentadores sofrerem danos causado pela chuva. Conforme a Companhia, o serviço foi restabelecido durante a madrugada para São Lourenço.

Trânsito

​Na Capital, ruas ficaram alagadas, mas os pontos de acúmulo de água reduziram, conforme a EPTC, após a chuva perder intensidade. A Rua Manoel Lobato, em frente ao Postão da Cruzeiro teve o trânsito totalmente bloqueado pela queda de uma árvore, que foi removida ainda durante a madrugada. Na BR-116, o trecho entre Sapucaia do Sul e Esteio teve diversos pontos com acúmulo de água prejudicando o fluxo, que também voltou ao normal por volta das 4h30.

GAÚCHA

voltar
© Copyright 2019