Cidades do RS aplicam multa a moradores que não usarem máscaras de proteção

Cidades do RS começaram a cobrar multa de moradores que não estiverem usando máscaras de proteção para o combate ao coronavírus. Em Alegrete, na Fronteira Oeste e Santo Ângelo, nas Missões, quem não utilizar a máscara terá que pagar entre R$ 91 e R$ 18 mil.

Alegrete

A obrigatoriedade em Alegrete passou a valer na segunda-feira (27), para locais fechados, como estabelecimentos comerciais, mercados, farmácias e transporte público. Na rua não é obrigatório o uso.

A punição será realizada para reincidentes, ou seja, quem já foi flagrado sem o equipamento de segurança. O valor é medido pela Unidade de Referência Monetária de Alegrete (URMA), que é uma taxa mínima estipulada para balizar as multas na cidade. Veja os valores para cada caso abaixo.

Valores das multas

  • Pessoa física, conduta individual, multa de uma URMA: R$ 183,28
  • Idoso que descumprir o previsto no decreto: R$ 91,64
  • Conduta coletiva, para responsável ou organizador de evento: R$ 916,40
  • Microeempreendores Individuais de serviços: R$ 733,12 e de comércio: R$ 366,56
  • Microempresas: R$ 1.832,80
  • Companhias dos demais portes: R$ 18.328,00

O trabalho de fiscalização está sendo realizado por agentes da prefeitura, fiscais sanitários, fiscais ambientais, Guarda Municipal, Procon, Defesa Civil e servidores de secretarias. A fiscalização é feita todos os dias, incluindo domingos e feriados, em três turnos de oito horas cada.

Santo Ângelo

Em Santo Ângelo, na Região das Missões, é obrigatório o uso de máscaras no transporte, em lojas e repartições públicas. O decreto da prefeitura começou a valer nesta terça-feira (28). A multa para quem não estiver usando será de R$ 150 e passará a ser aplicada na quinta-feira (30).

Obrigatório, mas sem multa

Cruz Alta

Em Cruz Alta, quem precisar sair de casa para trabalhar, ir à farmácia ou estabelecimentos comerciais precisa estar de máscara. Ainda não há multa, mas um projeto de lei que prevê a penalização está na Câmara de Vereadores da cidade para votação.

A prefeitura da cidade também proibiu, a partir desta terça, a circulação de crianças de até 12 anos em supermercados do município, mesmo com acompanhantes.

Porto Alegre

Em Porto Alegre, a prefeitura também determinou obrigatoriedade o uso de máscaras nos ônibus a partir desta terça. Quem não estiver com o equipamento de proteção não poderá entrar no coletivo. Conforme o decreto, a utilização é obrigatória para passageiros e tripulação. Equipes de fiscalização estarão nas ruas verificando o cumprimento da determinação, segundo a prefeitura.

G1 RS

voltar
© Copyright 2019