Com ataque turbinado, Grêmio decide vaga nas quartas de final da Libertadores com o Godoy Cruz

Dono do ataque com a melhor média de gols do futebol brasileiro, o Grêmio balançou as redes ao menos uma vez em 90% de seus jogos neste ano. Se mantiver esta rotina contra o Godoy Cruz, na Arena, às 19h15min desta quarta-feira, o time de Renato ampliará a vantagem obtida no jogo de ida em Mendoza e, assim, confirmará sua classificação às quartas de final da Libertadores.

Ao todo, o ataque gremista já marcou 90 gols em 48 jogos nesta temporada, com média de 1,88 por partida. O artilheiro da equipe é o paraguaio Lucas Barrios, 16 gols. Fora da equipe há 20 dias por conta de um desconforto muscular, o centroavante treinou normalmente na manhã de ontem e será o grande reforço contra o Godoy Cruz.

Na análise do comentarista Sérgio Xavier, do canal SporTV, a boa fase de Barrios neste ano turbinou o aproveitamento do ataque do Grêmio. Além disso, aponta o alto índice de chances criadas, sobretudo por Luan e Pedro Rocha, como outro fator que contribuiu para os 90 gols já marcados nesta temporada.

— Esta média é mais impressionante ainda quando a gente pensa na característica individual dos jogadores. A produção de oportunidades é altíssima. Além disso, a chegada do Barrios colocou o ataque em outro patamar, ele é de outra turma. E também tem a bola no chão, foram vários gols em jogadas trabalhadas, o que comprova a eficiência do time — observa Xavier.

Com ao menos mais 23 jogos pela frente até o final do ano, é provável que o ataque termine a temporada como o melhor da década. Atualmente, este posto pertence ao Grêmio de 2010, que também foi comandado por Renato, e, encerrou aquela temporada com impressionantes 141 gols em 73 partidas — média de 1,93 por jogo. Companheiro do artilheiro Jonas, que balançou as redes 42 vezes naquele ano, o atacante André Lima se diz saudoso da parceria com o ex-companheiro que hoje brilha com a camisa do Benfica na Europa.

— Tenho uma ótima recordação daquele momento. Seremos sempre lembrados com carinho. E isso nunca vai mudar — lembra André Lima, autor de 11 gols pelo Grêmio em 2010 e que hoje atua no Vitória-BA.

O alto desempenho do ataque também pode ajudar o Grêmio a encerrar uma maldição que se arrasta desde 2011 na Libertadores. Desde quando caiu diante da Universidad Católica, do Chile, naquele ano, o clube não conseguiu mais ultrapassar esta etapa da competição.

Voltaria a ser eliminado em 2013 (Santa Fé-COL), 2014 (San Lorenzo-ARG e 2016 (Rosario Central-ARG). A vantagem obtida no jogo de ida contra o Godoy Cruz indica que a maldição possa chegar ao fim. O Grêmio venceu por 1 a 0 em Mendoza e, atuando na Arena, irá se classificar para as quartas de final até mesmo com um empate.

— Infelizmente, tivemos algumas decepções nestes anos na Libertadores, caindo nas oitavas. Vamos trabalhar para que isso termine, assim como terminaram outras situações que derrubamos. Isso traz confiança para todos nós e tira essa pressão, que é natural — disse o goleiro Marcelo Grohe, que acrescentou:

— No momento em que se quebram tabus e situações negativas, isso vai encorpando o grupo. Vamos trabalhar para que a gente possa merecer esta classificação.

As médias de gols dos 20 times da Série A:
Grêmio — 90 gols em 48 jogos (média 1,88)
Fluminense — 92 gols em 50 jogos (média 1,84)
Flamengo — 91 gols em 50 jogos (média 1,8)
Palmeiras — 80 gols em 48 jogos (média 1,67)
Santos — 74 gols em 45 jogos (média 1,64)
Sport — 92 gols em 57 jogos (média 1,61)
Cruzeiro — 80 gols em 50 jogos (média 1,6)
Vitória — 78 gols em 49 jogos (média 1,59)
Atlético-MG — 79 gols em 50 jogos (média 1,58)
Bahia — 73 gols em 49 jogos (média 1,49)
São Paulo — 67 gols em 45 jogos (média 1,49)
Corinthians — 72 gols em 50 jogos (média 1,44)
Chapecoense — 75 gols em 56 jogos (média 1,34)
Coritiba — 51 gols em 38 jogos (média 1,34)
Botafogo — 65 gols em 49 jogos (média 1,33)
Ponte Preta — 52 gols em 43 jogos (média 1,21)
Atlético-PR — 57 gols em 51 jogos (média 1,12)
Vasco — 46 gols em 41 jogos (média 1,12)
Atlético-GO — 38 gols em 37 jogos (média 1,03)
Avaí — 43 gols em 45 jogos (média 0,96)

 

 

ZHESPORTES

voltar
© Copyright 2019