Com gol de Marinho, Vitória vence o Coritiba e complica ainda mais a situação do Inter no Brasileirão

Passou a ser o Sport o principal concorrente do Inter na luta contra o rebaixamento. Na noite desta segunda-feira, no Couto Pereira, o Vitória venceu o Coritiba por 1 a 0, com gol de Marinho, e alcançou os 45 pontos no Brasileirão — contra 42 dos gaúchos e 44 dos pernambucanos.

Com isso, para se livrar da Série B, o Inter tem agora dois caminhos. No entanto, em ambos precisa derrotar o Fluminense. Vencendo os cariocas, o Colorado escapa da queda se o Sport não vencer o Figueirense, em Recife, ou se o Vitória perder para o Palmeiras, em Salvador. Porém, nesse último caso, também será preciso tirar uma diferença que, no momento, é de cinco gols de saldo. 

Explorar o lado direito do ataque, por onde Marinho costuma se posicionar, foi a estratégia do Vitória para iniciar o confronto. E, apesar de ser uma jogada óbvia por conta da ótima fase do atacante, a opção se mostrou a mais correta possível logo de cara.

Em 10 minutos, Marinho protagonizou os três principais lances do jogo até então: aos cinco, fazendo jogada individual que poderia ter ocasionado um pênalti — não marcado. Logo depois, dando um cruzamento quase completado por Kieza rente ao poste. Aos 10, marcando o gol: ao limpar quatro marcadores, Marinho soltou uma bomba para fazer 1 a 0.

Errando passes, os donos da casa eram envolvidos pelos baianos até os 30 minutos, certamente desanimando os torcedores colorados. Mas o Coritiba melhorou. Primeiro, um chute de Amaral obrigou Fernando a fazer a defesa. Depois, em uma sobra, Yan concluiu mal após um lance de perigo. Finalmente, aos 33 minutos, uma chance clara: Kazim entregou boa bola para Leandro que, dentro da área, chutou fraco, desperdiçando boa oportunidade.

Na segunda etapa, o Coritiba retornou com ritmo mais intenso. O resultado foram duas boas oportunidades. Aos 10, o cabeceio de Walisson foi defendido por Fernando Miguel. Dois minutos depois, Leandro chutou colocado, procurando o ângulo, e o goleiro fez ótima defesa, preservando o placar.

Leandro ainda teria outra oportunidade. Aos 20, o atacante recebeu de Vinícius e chutou. A bola desviou e saiu para escanteio. Após a cobrança, o Vitória puxou contra-ataque que quase resultou no segundo gol dos baianos. Euller desperdiçou a chance.

Tiago Real, aos 31 minutos, levou perigo. Num chute forte, obrigou Wilson a fazer boa defesa e manter a esperança do Coritiba e dos colorados no jogo. Mas, em nada adiantou. Mais uma vez, Marinho resolveu para o Vitória, agora praticamente salvo do rebaixamento. 

*ZHESPORTES

 

ZERO HORA

voltar
© Copyright 2019