Com parcelamento de salários definido, Sartori evita falar com imprensa

Com a previsão de que o calendário de parcelamento dos salários do funcionalismo estadual seja divulgado até a próxima segunda-feira, o governador José Ivo Sartori (PMDB) evitou falar com a imprensa e não deu qualquer explicação sobre o nono mês consecutivo de fracionamento da folha. Sartori participou de uma cerimônia de homenagem a 14 servidores públicos lotados há pelo menos 25 anos no Palácio Piratini. Questionado, ele saiu sem responder.

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, afirmou, nesta quinta-feira, que ainda não é possível prever os valores que serão depositados aos servidores. Segundo ele, este é o mês de “maior imprevisibilidade” sobre o pagamento de salários, desde o início da gestão Sartori, em janeiro do ano passado.

Entre as incertezas, está o montante do Fundo de Participação dos Estados (FPE), a ser repassado pela União ao Estado somente na próxima segunda-feira, o último dia para o início do pagamento da folha.

A Fazenda confirmou apenas que a primeira parcela a ser depositada vai ser menor que a primeira quitada na folha do mês anterior – quando foi de R$ 810. A tendência é de pagamento inferior a R$ 500 na próxima segunda-feira.

voltar
© Copyright 2019