Com pressão no início, Inter vence o Ituano por 2 a 0 no Beira-Rio

Em casa, na primeira partida de Argel Fucks no Beira-Rio, o Inter começa a recuperar a confiança. Por 2 a 0, o time do ex-zagueiro venceu o Ituano e encaminhou classificação às quartas-de-final da Copa do Brasil. O Inter resolveu logo no início. A primeira metade da atapa inicial nem havia despontado no cronômetro do atrapalhado árbitro, Elmo Alves Resende Cunha, e o time de Argel já tinha construído uma vantagem de 2 a 0 no placar.

Logo na primeira oportunidade, Vitinho guardou. Aos 14 minutos, o atacante arriscou de longe e contou com um leve desvio na zaga para a bola entrar no gol de Fábio.Na chance seguinte, foi Valdívia o oportunista. O garoto recebeu de Vitinho e chutou cruzado: 2 a 0 para os colorados.Com meia hora de jogo, o árbitro expulsou Vitinho por engano. O atacante estava no mesmo lance do já amarelado Geferson, e o juiz achou que o lateral havia feito a falta – merecendo, assim, o segundo amarelo. Porém, voltou atrás e corrigiu o erro.

Depois disso, o primeiro tempo arrefeceu. O Inter passou a administrar a vantagem. O Ituano, por sua vez, não conseguia ameaçar.

No segundo tempo, o Inter imprimiu o ritmo sufocante no início novamente. Aos 4 minutos, Valdívia carimbou o travessão depois de jogada individual.

Com a posse de bola no ataque, os colorados pressionavam o Ituano e evitavam que os paulistas conseguissem chegar à frente.

Aos 33, Vitinho, em chute cruzado de dentro da área, quase ampliou.

A partir daí, os donos da casa seguiram a tônica da maior parte do confronto: apenas controlaram o jogo. 

As equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, em São Paulo, às 20h. Para avançar na Copa do Brasil, o Inter pode empatar e perder por um gol de diferença.

FICHA TÉCNICA
Inter 2×0 Ituano

Inter: Alisson; William, Paulão, Ernando e Geferson (Zé Mário); Rodrigo Dourado, Nilton, D'Alessandro e Valdívia (Lisandro López); Vitinho e Eduardo Sasha (Alex). Técnico: Argel Fucks
Ituano: Fábio; Dick, Naylhor, Leonardo Luiz e João Paulo; Jonatan, Ewerton (Gercimar) e Cristian; Claudinho, Zambi (Guilherme) e Marcão (Bassani). Técnico: Tarcísio Pugliese

Gols: Vitinho, aos 14, e Valdívia, aos 16 do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Geferson e Vitinho (INT); Bassani, Dick e João Paulo (ITU)

voltar
© Copyright 2019