Com retorno de Douglas Grêmio enfrenta o Cruzeiro nesta quarta-feira pelo Copa do Brasil

Por ser um clássico, era imperativo entrar com os titulares. Mas o técnico Renato Portaluppi admitiu que a decisão de escalar força máxima no Gre-Nal dá uma vantagem ao Cruzeiro na semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Mineirão. O comandante do Grêmio vê os mineiros mais descansados, já que Mano Menezes poupou alguns titulares no fim de semana para a decisão.  



O desgaste físico, por exemplo, tirou três jogadores importantes do treino desta terça-feira. Maicon não participou do trabalho, enquanto Edílson e Bolaños foram preservados do rachão no campo do CT Luiz Carvalho. Tudo para minimizar o cansaço por conta do clássico Gre-Nal do último domingo. O Cruzeiro poupo Ábila, Sobis, Robinho, Bruno Rodrigo e Edimar na partida contra o Vitória. 



– Eu espero que não entre (em campo), mas é notório. Ninguém fica poupando uma equipe, como o Mano poupou vários à toa. Eu não poupei à toa contra o Santos. É o desgaste, cada treinador tem suas armas, busca o melhor para o seu grupo. Infelizmente para a gente o Gre-Nal caiu no meio dos dois jogos. Se não fosse o Gre-Nal, iríamos rever o pensamento. Mas se tratando de Gre-Nal, apelo da torcida, da diretoria, optamos por jogar com a equipe que vinha jogando. O treinador que poupa leva vantagem, porque tem uma equipe mais descansada. O Cruzeiro neste aspecto sai na frente, descansou mais os jogadores que entram em campo – disse Renato em entrevista coletiva. O trio preservado do trabalho, porém, viaja normalmente com a delegação para Belo Horizonte. Edílson e Maicon devem ser titulares para o confronto semifinal. O técnico fechou o trabalho na manhã desta terça, mas deve só ter o acréscimo de Douglas na equipe que jogou o clássico 411. O clima é de decisão: foram mais de50  mil ingressos vendidos pelo Cruzeiro para o jogo. 

GLOBO ESPORTE.COM

– Nem poderia ser diferente, é uma semifinal de Copa do Brasil, com quatro grandes clubes do futebol brasileiro, se não me engano os dois tem oito títulos, é normal jogar na casa do adversário e seria surpresa não ter casa cheia. Faz parte, ainda bem. Digo para eles: 'Se não quer casa cheia, vai trabalhar em escritório, que não tem 50 mil pessoas, não dá entrevista todo dia'. Mas a diferença é no final mês. Se está em um grande clube, tem que estar acostumado a decidir, entrar em campo e ver 50, 60 mil pessoas. Jogador gosta disso. Não pode jogar para 2 mil, 3 mil pessoas em semifinal. Estão preparados, o clima é esse, Cruzeiro tem um grande time, se reencontrou. Tem uma grande torcida, é normal que o Mineirão esteja lotado. Como vai ter isso tudo na volta – completou o treinador gremista. 



A provável escalação gremista tem Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maico, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan. O Tricolor viaja no início da tarde, em voo fretado, para Belo Horizonte.O confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil está marcado para às 21h45 de quarta-feira, no Mineirão.   

voltar
© Copyright 2019