Conselho de Ética deixa para dia 24 análise de parecer contra Cunha

O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, José Carlos Araújo (PSD-BA), transferiu para a próxima terça-feira (24) a leitura do relatório preliminar apresentado pelo deputado Fausto Pinato (PRB-SP) que recomenda a continuidade do processo contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Anulação e suspensão
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidiu suspender a decisão do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ) que anulou a reunião do Conselho de Ética nesta quinta-feira (19). A reunião foi marcada para a leitura do relatório do deputado Fausto Pinato (PRB-SP) sobre a continuidade do processo contra Cunha. O encontro, contudo, foi cancelado pelo deputado Felipe Bornier, enquanto estava como presidente da Câmara.

Em protesto, vários deputados deixaram o plenário após a decisão de Bornier. A reunião havia sido aberta pela manhã, mas foi suspensa após discussão entre os membros do conselho.

Ao suspender a decisão de Bornier, Cunha disse que não quer contaminar a Casa com algo que diga respeito a ele.

“A questão de ordem será acatada e respondida a posteriore pelo 1º vice, de forma a evitar qualquer tipo de decisão que possa afetar o plenário”, disse.

Renúncia

Após a confusão desta tarde, o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Melo, defendeu a saída de Eduardo Cunha da presidência da Câmara. Ele considerou lamentável a atitude do peemedebista ao permitir manobras para que a sessão do Conselho de Ética não ocorresse.

voltar
© Copyright 2019