Cortes de luz por falta de pagamento dobram no país nos últimos dois anos

O número de cortes de luz por falta de pagamento dobrou no Brasil nos últimos dois anos, de acordo com levantamento da Associação das Distribuidoras. Os motivos apontados são o desemprego e o aumento na tarifa de energia elétrica, que levaram muitos consumidores a ficar inadimplentes. O corte no fornecimento é o principal instrumento das distribuidoras para forçar o cliente a pagar a conta atrasada. As empresas tem um prazo de no máximo 90 dias para adotar essa medida. Com o grande aumento no número de inadimplentes, as distribuidoras não estão conseguindo cortar a luz de todos os consumidores com a conta atrasada e defendem mudança na lei. O levantamento mais recente aponta três milhões e cem mil cortes no primeiro semestre de 2015. No mesmo período de 2014, o número havia sido de um milhão e 600 mil.

voltar
© Copyright 2019