Criminosas se passam por conselheiras tutelares e tentam raptar criança no RS

Um homem que acompanhava as mulheres, dizia ser da polícia. Tentativas de rapto de crianças, vem sendo registradas em todo o estado, e desta vez, o fato ocorreu em Getúlio Vargas, na manhã de quinta-feira, 11.

O caso aconteceu por volta das 7h35, onde um veículo preto com um homem e duas mulheres chegaram em uma residência, bem vestidos, querendo levar uma criança. Conforme o relato da mãe do menino, Lince Fátima de Lima, o homem se passava por policial e as mulheres por conselheiras tutelares.

Em entrevista da mãe ao Portal Tchê eles alegaram que havia uma denúncia de maus tratos e que o pai já havia sido preso no trabalho. Conforme os criminosos, a criança estaria desnutrida. A mãe da criança afirmou que chegou a mostrar os balcões e a geladeira.

As mulheres teriam pele clara, cabelos loiros e o homem um pouco mais velho, aparentando 40 anos, de cabelo escuro. Conforme Lince, eles ainda solicitaram que a mãe assinasse alguns papéis, o que foi negado por ela.

A mãe se negou a entregar a criança, momento em que uma das criminosas tentou arrancar a criança do colo da mãe, a vítima começou a gritar por socorro e afirmou que chamaria a polícia. Com isso, as três pessoas foram embora.

*Informações Portal Tchê

voltar
© Copyright 2019