D’Alessandro sente desconforto, Damião faz dois e Juan é destaque em jogo-treino do Inter

Eliminado das semifinais da Primeira Liga, o Inter derrotou o Cruzeiro-RS por 3 a 1 em jogo-treino disputado na manhã deste sábado (2), no Estádio Beira-Rio. A movimentação agradou o técnico Guto Ferreira, especialmente pelas dificuldades impostas pelo adversário.

Cerca de 4 mil pessoas acompanharam a movimentação, que teve três tempos de 35 minutos. Nas duas primeiras etapas, os titulares foram utilizados e encontraram problemas para sair da boa marcação imposta pelo adversário, treinado pelo ex-volante Claiton.

Guto escalou Danilo Fernandes, Cláudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Uendel; Charles; William Pottker, Edenílson, D'Alessandro e Eduardo Sasha; e Leandro Damião. Rodrigo Dourado não começou porque está suspenso da próxima rodada da Série B, dia 9 de setembro, contra o Juventude.

O Cruzeiro chegou a incomodar nos primeiros 20 minutos, com boa marcação e chutes de fora da área. Porém, o Inter conseguiu impor seu ritmo, logo após Damião perder uma chance na cara a cara com o goleiro Deivity. O primeiro gol veio aos 29, quando D'Alessandro cruzou da direita, a zaga se atrapalhou, e a bola ficou para Damião mandar para as redes. 

O gol deu mais tranquilidade ao Colorado e, aos 31, William Pottker cruzou para Damião, que ajeitou com o peito e o zagueiro Gulith, na tentativa do desarme, jogou para trás e acertou a trave. Algumas entradas mais ríspidas, de ambas as partes, também surgiram. Aos 33, D'Alessandro acertou o lateral Diego Supperti e recebeu cartão amarelo.

A segunda etapa começou com Rodrigo Dourado no lugar de Charles. No primeiro lance, o Cruzeiro-RS perdeu a chance do empate com Janderson dentro da área. Depois só deu Inter, mesmo que Víctor Cuesta tenha feito duas faltas de cartão amarelo e só recebido um.

Aos 11, um susto. D'Alessandro sentiu um desconforto na coxa direita e pediu para sair. Imediatamente, Guto Ferreira chamou Juan para o seu lugar.

E a entrada de Juan fez bem para o jogo-treino. Em sua primeira jogada, ele descobriu Leandro Damião entrando na área. O centroavante recebeu o passe e chutou forte, no ângulo esquerdo, para aumentar o placar. Em jogada individual, Juan perdeu a chance de aumentar aos 18. Antes do término desta etapa, Diego ingressou no lugar de William Pottker.

No terceiro tempo, apenas os reservas atuaram. Com a proximidade do meio-dia, o público também foi deixando o Beira-Rio, aos poucos. A equipe que atuou teve: Daniel; Alemão, Danilo Silva, Ernando e Carlinhos; Rodrigo Dourado; Diego, Valdemir, Juan e Carlos; e Roberson. 

A intensidade caiu neste último período em virtude do calor de 30 graus em Porto Alegre. Aos 11, Carlos perdeu chance na risca da pequena área. Aos 21, Ernando cabecou livre e quase marcou. Aos 28, Diego cobrou falta e a bola parou no travessão. No lance seguinte, Daniel deu rebote e Saldanha descontou para o Cruzeiro-RS. Mas o Inter ainda marcaria aos 35, quando Juan lançou Roberson que chutou para defesa parcial do goleiro. No rebote, Juan colocou para a rede.

Os jogadores colorados ganham folga até a tarde da próxima segunda-feira, quando os treinamentos serão retomados. No sábado, em Caxias do Sul, contra o Juventude, o Inter buscará sua sétima vitória seguida na Série B, o que lhe assegurará a liderança da competição.

ZERO HORA

 
voltar
© Copyright 2019