Delúbio, Marcos Valério e mais sete viram réus na Operação Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, aceitou nesta quinta-feira (12) denúncia contra nove pessoas investigadas na operação. Todos os réus irão responder por lavagem de dinheiro.

Os denunciados são: Ronan Maria Pinto, empresário dono do jornal Diário do Grande ABC; Sandro Tordin, ex-presidente do Banco Schahin; Marcos Valério Fernandes de Souza, publicitário; Enivaldo Quadrado, empresário; Luiz Carlos Casante, empresário; Breno Altmann, jornalista ligado ao PT; Natalino Bertin, empresário; Oswaldo Rodrigues Vieira Filho, empresário dono da Remar; e Delúbio Soares de Castro, ex-tesoureiro do PT.

De todos os réus, apenas Ronan Maria foi preso em decorrência da Lava Jato. Ele está detido de forma preventiva no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Na semana passada, o MPF ofereceu duas denúncias. Uma delas envolvia os nove investigados que, hoje, passaram a ser réus.

GAÚCHA
 
voltar
© Copyright 2019