Detran-RS nomeia diretor e promete normalizar emissão de documentos

Cerca de 130 mil documentos deixaram de ser emitidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) desde o começo do ano. O atraso aconteceu porque o órgão não tinha um diretor-presidente para assinar os papéis, após a troca de governo. A situação deve ser regularizada até a semana que vem com a nomeação de um diretor interino, que tomou posse nesta quinta-feira (8).

O servidor de carreira Ildo Szinvelski assumiu o cargo interinamente e prometeu restabelecer o fornecimento a partir de segunda-feira (12). Dos 130 mil documentos, 25 mil são carteiras de habilitação e 105 mil certificados 

O Detran já se reuniu com as empresas envolvidas com a geração, expedição, impressão e entrega dos documentos para tratar do caso. As empresas trabalharão em regime de plantão, inclusive no final de semana, para normalizar a entrega dos documentos até o final da semana que vem. A previsão é de que neste prazo o passivo tenha sido absorvido, assim como a demanda diária do período.

voltar
© Copyright 2019