Dilma compara crise à ditadura: “Lutarei para não ser vítima de novo”

A presidente Dilma Rousseff se pronunciou na tarde de terça-feira após encontro com juristas no Palácio do Planalto. A reunião teve como objetivo reunir especialistas que são contrários ao processo de impeachment que tramita na Câmara. Firme, a presidente afirmou que não vai renunciar e se disse vítima de um golpe, alegando que é acusada de um crime que não cometeu. 

Fonte: ZH 

Postado por Fernando Almeida

voltar
© Copyright 2019