Dilma convoca megaoperação para combate ao Aedes no dia 13

Em pronunciamento em rede nacional de TV e rádio na noite desta quarta-feira (03), a presidente Dilma Rousseff falou por seis minutos sobre o combate ao mosquito Aedes Aegypti, sobre o Zika Vírus e a microcefalia.

A presidente da república lembrou a trajetória do vírus Zika, e o rápido alastramento da doença, que chegou ao Brasil no ano passado. Dilma Rousseff afirma que conversou com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para planejar o combate ao mosquito e "colaborar com esse desafio".

Durante o discurso, foi anunciada uma megaoperação do governo federal, no sábado dia 13 de fevereiro. 220 mil homens e mulheres das Forças Armadas visitarão o máximo de residências possível para combater os focos do Aedes, junto com agentes de saúde.

A presidente ainda pediu união dos brasileiros, e lembrou também que "enquanto não desenvolvermos uma vacina contra o vírus zika, precisamos combater o mosquito".

Se dirigindo diretamente ao povo brasileiro, Dilma lembrou que o mosquito pode estar nas casas e escolas. Afirmou também que cada funcionário público tem responsabilidade.

No final, Dilma falou às mulheres, afirmando que o governo está preparado para dar apoio aos afetados pela microcefalia, doença que tem como um dos vetores o Zika Vírus.

voltar
© Copyright 2019