Divulgação de resultados no 2º turno foi rápida; TRE vê a ‘democracia preservada’

“A democracia, mais uma vez, está preservada.” A declaração do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), desembargador André Luiz Planella Villarinho, resume o sentimento de alívio com o andamento das eleições no Rio Grande do Sul em 2020. Depois dos atrasos ocorridos em todo Brasil no primeiro turno, com os números finais sendo divulgados só as 23h, em Porto Alegre, às 19h31min, 100% das urnas estavam apuradas, elegendo Sebastião Melo (MDB) como novo prefeito com 54,63% dos votos. As demais cidades gaúchas que tiveram segundo turno elegeram Jairo Jorge (Canoas), com 53,06%Adiló Didomenico (Caxias do Sul) com 59,57%Paula Mascarenhas (Pelotas), 68,70%, e Jorge Pozzobom (Santa Maria), com 57,29%.
“Foi um pleito realizado pela primeira vez sob pandemia, e os resultados são extremamente satisfatórios”, disse Villarinho, destacando a ausência de maiores incidentes. “Os números de ocorrências policiais nos cinco municípios foram insignificantes, o que demonstra eficiência da Justiça Eleitoral, das áreas de segurança e consciência cívica do eleitor gaúcho”, acrescenta. Apenas 31 urnas tiveram que ser substituídas por urnas de contingência.
O presidente do TRE-RS agradeceu aos 700 servidores da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, aos mesários (70% foram voluntários) e ao trabalho imparcial realizado pelos jornalistas. “A imprensa gaúcha foi um elo necessário entre a Justiça Eleitoral e o eleitor. O trabalho da livre informação é um dos componentes da democracia, e a mídia é fundamental e foi uma parceira neste processo”, disse Villarinho.
voltar
© Copyright 2019