Dois anos após concurso, novos bombeiros são formados no RS

Após serem chamados no começo de 2016, 46 novos bombeiros militares se formaram no final da tarde desta quarta-feira (28), em Porto Alegre. O grupo faz parte dos primeiros nomeados pelo governo do Estado após passarem no último concurso aberto pela Brigada Militar, homologado em 2014.

Os novos bombeiros só irão começar a trabalhar efetivamente nos batalhões em fevereiro, pois ainda precisam fazer um curso de condutor e operador de viatura, que irá ocorrer durante o mês de janeiro. Na próxima semana, a corporação irá divulgar onde os oficiais passarão a atuar em 2017.

"[Durante o curso], eles já vão participar como guarnições reservas, por exemplo, como ocorreu em presídios, fogo em mato, grandes vendavais, inundações, eles já estarão como reservas assim que forem chamados por qualquer batalhão que necessite de apoio", afirmou o comandante do Corpo de Bombeiros do Estado, Coronel Adriano Krukoski, durante a cerimônia.

Na manhã desta quinta-feira (29), ocorre também a formatura de 159 novos policiais militares na Capital. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, eles começam a trabalhar imediatamente e irão reforçar o policiamento em Porto Alegre e municípios da Região Metropolitana.

Os novos policiais e bombeiros militares fazem parte do primeiro grupo de concursados chamados pela Secretaria de Segurança Pública, referente ao concurso homologado em 2014. Eles foram nomeados pelo governo do Estado após o término dos contratos de PMs temporários, em fevereiro de 2016.

Na época, as vagas venceram e não foram renovadas. Para suprir a demanda, o Piratini decidiu convocar os concursados para fazerem o curso de formação de policial e bombeiro militar.

Outros 1,3 mil concursados foram chamados pelo Governo no Estado neste ano. O grupo realiza o curso de formação de policial e bombeiro militar e a formatura está prevista para junho de 2017.

Gaucha

voltar
© Copyright 2019