Dupla Grenal fica no empate pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro

A atuação do Inter não foi a mesma que encheu os olhos da torcida dos últimos jogos. Neste domingo (6), o Colorado decepcionou, no Beira-Rio, ao ceder o empate nos acréscimos para o Bahia. Após sair perdendo, os donos da casa viraram, mas foram castigados com um pênalti infantil do lateral-direito Rodinei. Mesmo assim, os comandados de Eduardo Coudet seguem na liderança do Campeonato Brasileiro, um ponto à frente do São Paulo, depois do 2 a 2 com os nordestinos.
Coudet mandou a campo o que tinha de melhor. A única mudança foi o retorno de Uendel, após quase seis meses parado tratando uma fascite planMesmo com o empate em casa, Colorado mantém a liderança da competiçãotar, ele entrou no lugar de Moisés, que ainda tem vínculo com o clube baiano. E o Colorado quase marcou no primeiro minuto: Uendel cruzou, Juninho Capixaba cabeceou para trás, e a bola sobrou para D’Alessandro chutar rasteiro, mas Matheus Claus impediu o gol.
Quem abriu o placar foram os visitantes. Aos 20 minutos, a dupla de zaga do Inter errou na saída de bola, Daniel foi mais esperto e acionou Rodriguinho. Com calma, ele driblou Lomba e bateu para o fundo das redes. O Inter não demorou para buscar a igualdade, além de contar também com a falha do setor defensivo do Bahia. Aos 27, Thiago Galhardo apertou a marcação, roubou a bola e passou para D’Ale. O gringo cruzou e Patrick cabeceou para empatar o duelo.
O Bahia voltou ao ataque com perigo quatro minutos depois: em cobrança rápida de falta, Gilberto chutou, a bola desviou na defesa e quase encobriu Lomba, que deu se esticou todo e deu um tapinha para escanteio. O primeiro tempo ainda teve um gol para cada lado, mas ambos anulados corretamente pelo trio de arbitragem.
Os times voltaram iguais para a etapa final. Já o empenho e o futebol dos 45 minutos iniciais não foram os mesmos. Se com a bola rolando estava difícil, o Inter tentou na bola parada. Aos 13, D’Ale cobrou falta do bico da área e Mateus Claus salvou os baianos. Cinco minutos depois, Cuesta foi empurrado dentro da área por Gregore: pênalti para o Inter mesmo após consulta ao árbitro de vídeo. Na cobrança, o artilheiro do Brasileiro, Thiago Galhardo, virou para o líder da competição.
Aos 35, o jovem Peglow quase ampliou, chutando de longa distância, após desvio na zaga, mas a bola saiu pela linha de fundo. Nos minutos finais teve estreia no Colorado. O uruguaio Abel Hernández entrou no lugar de Patrick. Quando tudo se encaminhava para a vitória em casa, já nos acréscimos, Rodinei fez um pênalti bobo, fora do lance. Clayson cobrou e deixou tudo igual novamente. No último lance, o estreante da tarde salvou de cabeça, em cima linha, o gol que daria a vitória ao Bahia.
O Inter volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h15min, novamente em casa, diante do Ceará.
ESCALAÇÃO
Inter
Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Cuesta e Uendel (Rodinei); Johnny (Moledo), Edenilson, Boschilia (Marcos Guilherme) e Patrick (Abel Hernández); D’Alessandro (Peglow) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.
Bahia
Mateus Claus; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Ronaldo (Edson), Gregore, Daniel (Rossi) e Rodriguinho (Fessin); Élber e Gilberto (Clayson). Técnico: Cláudio Prates (interino).
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC).

Fora de casa, Grêmio empata com o Atlético-GO, na 8ª rodada do Brasileiro

Empate! Esse foi o resultado conquistado pelo Grêmio na noite deste domingo, após entrar em campo no Estádio Olímpico, em Goiânia, para enfrentar o Atlético-GO, em jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gol de Isaque, o Tricolor empatou em 1 a 1 com os donos da casa.Com o resultado, o Grêmio soma um ponto, chegando a 8 na competição, com sete jogos disputados.

Mesmo com os primeiros minutos da partida equilibrados, o Tricolor saiu atrás no placar. Em bola parada, aos 10 minutos da etapa inicial, os donos da casa abriram o marcador com Edson, após uma cobrança de escanteio. A bola foi colocada no primeiro poste para o meia subir e desviar de cabeça para o fundo das redes.

O Grêmio tentou reagir e correr atrás do prejuízo. Aos 17’, Bruno Cortez colocou na área, a defesa goiana afastou e a bola sobrou para Lucas Silva, que finalizou, mas mandou pra fora. Logo em seguida, foi a vez de Alisson descer em diagonal da direita para a esquerda, tabelar com Diego Souza e, em frente a área, arrematar a gol, mas a bola acabou subindo demais. Outra chance tricolor saiu aos 22’. Desta vez, Cortez tabelou com Isaque e abriu na esquerda para Everton. O atacante tentou chutar cruzado, mas a bola foi direto para as mãos do goleiro Jean.

A partida seguiu favorável para os donos da casa, que conseguiram dominar a maior parte das ações, tanto que aos 26’, o Atlético chegou de novo com Janderson. De frente para o gol, o atacante soltou a bomba e, para sorte gremista, a bola subiu demais.

Os gremistas conseguiram reagir e chegar ao gol de empate já na reta final, aos 42 minutos. Alisson deu um lindo passe, de primeira, por cima da zaga para Isaque, que recebeu em condições e estufou as redes atleticanas, deixando tudo igual em Goiânia.

O segundo tempo seguiu no mesmo ritmo, mas o Grêmio tentou mais investidas no ataque. Logo aos 4’, Everton fez uma enfiada de bola para Diego Souza, mas colocou força demais e ela terminou com o goleiro Jean. Mas do outro lado, o perigo foi maior. Com maior intensidade, os donos da casa quase ampliaram, primeiro com Marlon Freitas, que chutou forte, obrigando Vanderlei a operar uma grande defesa, Depois, com Renato Kayser, que desviou de cabeça no canto esquerdo da meta gremista – a bola passou raspando, tirando tinta da trave.

Com 14’, o Grêmio teve uma chance em cobrança de escanteio, colocando na área. Diego Souza dividiu com a defesa e mandou de cabeça, mas Jean saiu do gol para impedir a jogada. A resposta do time goiano foi imediata, com Renato Kayzer, que recebeu em velocidade, ganhou da marcação e finalizou – a bola passou à esquerda da meta.

Passados 27’, o Tricolor teve boas chances, primeiro com um cruzamento de Alisson na cabeça de Everton, que obrigou o goleiro adversário a boa defesa. Depois, Bruno Cortez foi a linha de fundo e fez um cruzamento na área, mas a defesa afastou.

O Atlético ainda mandou uma bola na trave aos 38’, depois de uma boa trama, com uma troca de passes rápida. Matheuzinho recebeu e soltou a bomba – a bola bateu na trave e saiu por sobre a meta. Na reta final, aos 48′, os gremistas ainda tiveram um jogador expulso, Geromel, que desfalca a equipe para o próximo confronto, o Bahia. Kannemann também não vai para o jogo, por ter levado nesta partida, o terceiro amarelo.

Site JC

Site Grêmio

 

voltar
© Copyright 2019