Em jogo movimentado, Inter e Chapecoense não saem do 0 a 0

Bem que Inter e Chapecoense tentaram. Apesar das boas chances de gol para ambos os lados, o placar do Beira-Rio, na 16ª rodada do Brasileirão, não saiu do 0 a 0. O resultado mantém o Inter na 10ª colocação, com 21 pontos.

No reencontro do Inter com a torcida depois da eliminação da Libertadores, contra o Tigres, o time de Diego Aguirre teve a cara que provavelmente prevalecerá até o fim do ano: sem Nilmar, negociado com o Al-Nasr, dos Emirados Árabes, e sem Aránguiz, lesionado, mas na iminência da saída para a Europa.

Assim, o esquema que ganhou o Gauchão, o 4-2-3-1, voltou a campo. Anderson atuou no lugar do chileno, e Eduardo Sasha compôs o trio do meio de campo com Valdívia e D'Alessandro. Na frente, Lisandro López jogou sozinho – ainda que continuasse voltando posições para recuperar a bola.

Com o domínio da bola, o Inter teve controle da partida quase que na totalidade do primeiro tempo. Valdívia despontava com jogadas de velocidade, mas faltava pontaria.

Aos 20 minutos, o garoto saiu em disparada em direção ao gol, mas foi interceptado pelo zagueiro Neto e finalizou longe da meta de Danilo.

A Chapecoense apostava nos contra-golpes. Na sequência, os catarinenses responderam com jogada de Tiago Luíz, que terminou em mau arremate de Ananias.

Movimentada, a partida seguia com pressão colorada e revide dos visitantes. 

No segundo tempo, ambas as equipes tiveram chances muito perigosas. Alisson, aos 8 minutos, fez um milagre para salvar o chute de Tiago Luís, que saiu na correria e, sozinho com o goleiro, chutou de dentro da área.

Para o Inter, a chance saiu dos pés de Sasha. O meia invadiu a área e soltou a bomba. A bola explodiu em Danilo e no travessão.

O Inter volta a campo no domingo, contra o Grêmio, na Arena.

FICHA TÉCNICA:
Inter 0x0 Chapecoense
Local: Beira-Rio

Inter: Alisson; William, Réver, Juan e Ernando; Rodrigo Dourado e Anderson (Wellington Martins); Valdívia (Rafael Moura), D'Alessandro e Eduardo Sasha; Lisandro López. Técnico: Diego Aguirre
Chapeconse: Danilo; Apodi, Vilson, Neto e Dener Assunção; Elicarlos, Bruno Silva e Wagner (Neném); Tiago Luis (Maranhão), Bruno Rangel e Ananias (Hyoran). Técnico: Vinícius Eutrópio

Cartões amarelos: Alex e D'Alessandro (INT); Bruno Silva e Wagner (CHA)

voltar
© Copyright 2019