Em sete anos, mortes em acidentes caíram quase um quarto no RS

Em um período de 10 anos, o número de mortos em acidentes no Rio Grande do Sul caiu 8,4%. Segundo dados preliminares divulgados nesta quinta-feira (19) pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS) – as estatísticas finais devem ser anunciadas até o começo de fevereiro –, em 2016 foram registrados 1.679 óbitos, enquanto em 2007 ocorreram 1.833. As informações são de Zero Hora.

Em relação a 2010, ano em que o número de mortes atingiu o seu ápice na última década (2.190), a queda foi ainda maior: 23,3%. Nos últimos 12 meses contabilizados pelo Detran-RS, o total de mortes no trânsito caiu 3,2% (1.735 em 2015 e 1.679 em 2016). No ano passado, o registro de óbitos foi o menor em toda a série histórica iniciada em 2007.

O número de acidentes fatais também caiu consideravelmente na última década: 6,9%. Em 2007, foram registrados 1.631, enquanto em 2016, foram 1.518. Desde 2010, a queda no total de acidentes com mortes chegou a 22% (1.948 em 2010, 1.518 em 2016). No último ano, a redução no indicador foi de 0,8% (1.531 em 2015, 1.518 em 2016).

Do percentual de mortos em 2016, 30% eram motoristas de automóveis, caminhões e outros veículos. Outros 23% eram motociclistas. Os pedestres responderam por 20,4% do total de óbitos no trânsito gaúcho no ano passado.

 

 

ZERO HORA

 
voltar
© Copyright 2019