Ex-deputados gaúchos são denunciados no caso da

Ao menos 16 ex-deputados federais do Rio Grande do Sul estão entre os 443 parlamentares denunciados pela Procuradoria da República na 1ª Região (PRR1) no caso da "Farra das Passagens" por uso indevido de dinheiro público. Entre os políticos gaúchos que aparecem na denúncia, estão o atual secretário da Segurança do Estado, Cezar Schirmer, Vieira da Cunha, ex-secretário da Educação, e Luciana Genro, que concorreu ao cargo de chefe do Executivo de Porto Alegre nas eleições municipais deste ano. Se a Justiça aceitar a denúncia, os envolvidos se tornarão réus.

Todos os parlamentares denunciados pelo PRR1 vão responder pelo crime de peculato, que corresponde a uso indevido de recursos públicos para benefício próprio ou de terceiros. A "farra das passagens" aconteceu em 2009, no escândalo em que foi revelado que deputados federais usavam recursos públicos para pagar passagens para familiares e amigos se deslocarem para diversas regiões do Brasil.

Agora, a denúncia será enviada ao relator, desembargador Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que vai decidir por receber ou rejeitar a acusação do Ministério Público Federal. 

Confira quem são os ex-deputados gaúchos citados na denúncia:

 – Alceu Collares

– Cezar Schirmer

– Cláudio Castanheira Diaz

– Enio Bacci

– Fernando Marroni

– Francisco Turra

– Germano Bonow

– Luciana Genro

– Luiz Roberto (Beto) de Albuquerque

– Manuela Pinto Vieira D'Avila

– Nelson Luiz Proenca Fernandes

– Orlando Desconsi

– Paulo Roberto Manoel Pereira

– Tarcísio Zimmermann

– Vieira da Cunha

– Vilson Covatti

 

 

voltar
© Copyright 2019