Famurs disponibiliza valor da dívida do Estado por município da região noroeste

Fonte: Rádio Progresso de Ijui/FAMURS

Dados da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul apontam grande passivo de dinheiro da área da saúde que o governo estadual deve para as prefeituras. Ao todo, o Estado possui 277 milhões de reais em atraso desde 2014 até junho deste ano. O município de Ijuí tem 3 milhões e 51 mil reais para receber do governo gaúcho.



Já o município de Ajuricaba tem para receber, 441 mil reais; Augusto Pestana, 804 mil; Boa Vista do Cadeado, 203 mil e 500; Bozano, 95 mil reais; Bossoroca, 454 mil; e Catuípe 542 mil e 600. Coronel Barros, por sua vez, tem 224 mil em atraso do Estado para a saúde; Entre-Ijuís, 551 mil; Eugênio de Castro, 145 mil reais; e Santo Augusto, 537 mil e 700 reais.



Já o município de Boa Vista do Buricá tem 376 mil reais; e Boa Vista do Incra, 180 mil e 500 reais. A lista da Famurs ainda estipula que Campo Novo tem 333 mil reais para receber do Estado no segmento de saúde; Chiapetta, 161 mil; Jóia, 390 mil e 500; Panambi, 1 milhão, 657; Pejuçara, 410 mil e 700; Santa Rosa, 2 milhões, 888 mil; e Santo Angelo, 2 milhões, 117 mil. Ainda São Luiz Gonzaga, 1 milhão e meio; e Nova Ramada, 208 mil e 500 reais.

voltar
© Copyright 2019