Fase 2 do programa Avançar na Saúde destina R$ 8,85 milhões para a região Missioneira

Para qualificar o atendimento à população, a fase 2 do programa Avançar na Saúde, anunciada na terça-feira (4/1), destinará R$ 8,85 milhões para a região Missioneira.

Em Cruz Alta, R$ 3 milhões serão investidos na aquisição de equipamentos como aniótomo, aspirador ultrassônico, perfurador, aparelho de anestesia e arco cirúrgico, entre outros, para o bloco cirúrgico e a central de material esterilizado, garantindo a qualificação do atendimento dos serviços de alta complexidade em neurologia e neurocirurgia

Outros R$ 2,5 milhões vão garantir a finalização da obra de dois pavimentos e ampliação de 60 leitos de internação do Hospital Vida e Saúde, em Santa Rosa. No Hospital de Caridade de Ijuí, R$ 2,1 milhões serão usados na modernização do parque tecnológico do centro cirúrgico e na instalação do equipamento de ressonância magnética, além da ampliação dos serviços do Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia.

Em Horizontina, o repasse de R$ 1 milhão ao Hospital Oswaldo Cruz permitirá a conclusão das obras do bloco cirúrgico, da central de material esterilizado, do berçário e das salas de parto, reduzindo a necessidade de busca dos pacientes locais por atendimento em outros centros, principalmente para os procedimentos de média complexidade e partos de risco habitual.

O programa prevê ainda mais R$ 250 mil para a ampliação e reforma da lavanderia da Associação Hospitalar Annes Dias, garantindo a adequação às normas da Vigilância Sanitária, com mais segurança aos pacientes e profissionais de saúde.

Farmácia Cuidar+ e Rede Bem Cuidar

Reunindo municípios da 12ª (Santo Ângelo) e 14ª (Santa Rosa) Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) que aderiram ao Farmácia Cuidar+, a região Missioneira também receberá R$ 1,945 milhão para a qualificação das farmácias de medicamentos especiais, que disponibilizam remédios à população para tratamento de doenças não transmissíveis, como artrite, Alzheimer e asma, alguns deles de alto custo.

Os valores, entre R$ 35 mil e R$ 100 mil, serão utilizados nos eixos Estrutura, voltado para qualificar o armazenamento dos medicamentos e ampliação do espaço de atendimento, e Cuidado Farmacêutico, que visa enfrentar a baixa adesão da população aos medicamentos pelos portadores de doenças crônicas.

Em sua fase 2, o Avançar na Saúde também destinará R$ 210 mil aos sete municípios da região que aderiram à Rede Bem Cuidar. Em 2021, o governo do Estado destinou R$ 30 mil a cada município que aderiu ao programa, que dá apoio à atenção básica. O mesmo valor será repassado este ano.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

voltar
© Copyright 2019