Fora de casa, Inter é dominado pelo Atlético-MG e perde por 2 a 1

Já que o objetivo do Inter era conseguir quatro dos seis pontos que disputaria fora de casa, nas duas primeiras partidas após a parada do Brasileirão, Argel terá de refazer as contas para chegar ao grupo que disputará a Libertadores em 2016. Em Minas Gerais, o Inter perdeu por 2 a 1 para o Atlético-MG e, por ora, continua na oitava colocação na tabela. 

A próxima partida pelo campeonato é contra o Flamengo, no Maracanã, domingo.

Com o Independência cheio, o Atlético-MG, empurrado pela torcida, pressionou o Inter desde o início. Somente nos 10 primeiros minutos de jogo, os donos da casa chegaram três vezes. Em duas oportunidades, faltou pontaria. Na outra, Paulão cortou e evitou que o placar fosse tão aberto.

O Inter se segurava, mas, aos 15 minutos, Dourado cometeu pênalti: o volante se posicionou mal, e a bola encontrou o braço do jogador que, desajeitado, corria para o centro da área. Na cobrança, Lucas Pratto chutou forte, no canto esquerdo de Muriel, e abriu o placar.Se já dominava antes de marcar o gol, a vantagem no placar fez com que o Atlético-MG conseguisse envolver o Inter com facilidade ainda maior. À meia hora de jogo, Thiago Ribeiro finalizou rente à trave do goleiro colorado, que substituiu o irmão, Alisson, titular da Seleção Brasileira na noite de terça-feira (13).

Na escapada, porém, o Inter conseguiu aproveitar a única chance que teve no primeiro tempo. Em um cabeceio firme, Paulão mandou para dentro do gol de Victor o escanteio cobrado por Anderson. No segundo tempo, um certo equilíbrio foi esboçado no início da etapa. Porém, com naturalidade, o Atlético-MG voltou a dominar o Inter.

Os dez dias de parada do Brasileirão para a disputa das Eliminatórias da Copa de 2018 pareciam não surtir efeitos naquele time de Argel, que tanto reclamou por tempo para organizar e treinar sua equipe.

Sozinho dentro da área, Douglas Santos dominou e arriscou – depois de o Galo ter, livremente, trocado passes à frente da área colorada. Muriel espalmou, e a sobra caiu nos pés de Marcos Rocha. Também sem marcação, o jogador completou para o fundo do gol: 2 a 1 para os donos da casa.FICHA TÉCNICA

Atlético-MG 2×1 Inter
Independência, Minas Gerais

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos (Pedro Botelho); Leandro Donizete, Rafael Carioca e Giovanni Augusto (Cárdenas); Luan, Lucas Pratto e Thiago Ribeiro (Patric). Técnico: Levir Culpi
Inter: Muriel; Léo, Paulão, Réver e Ernando; Rodrigo Dourado, Nilton, Anderson (Vitinho) e Alex (Rafael Moura); Valdívia (Alisson Farias) e Lisandro López. Técnico: Argel Fucks

Cartões amarelos: Leandro Donizete e Luan (ATL); Alex, Dourado e Vitinho (INT)

Gols: Lucas Pratto, aos 16, e Paulão, aos 38 minutos do primeiro tempo; Marcos Rocha, aos 24 minutos do segundo tempo

voltar
© Copyright 2019