Goleada e classificação! Inter vence Aimoré por 6 a 1

Em uma espécie de ensaio geral para a estreia na Libertadores, semana que vem, o Inter de Miguel Ángel Ramírez foi aprovado. Na noite desta quarta-feira, aproveitou as chances que criou e venceu bem o Aimoré pelo placar de 6 a 1, em jogo válido pela 10ª rodada do Gauchão, em São Leopoldo. De quebra, garantiu a classificação para as semifinais do Estadual.

Heitor abriu o placar, e depois só deu Thiago Galhardo. O atacante marcou três vezes, incluindo em cobrança de pênalti. No fim, Tcharles ainda marcou contra e Guerrero deu números finais ao duelo. O gol de honra do Aimoré foi anotado por Darlan, de cabeça.

Com o resultado, o Inter também assumiu a liderança provisória do Estadual, com dois jogos a mais que o Grêmio, e três pontos à frente: 20 a 17. Na próxima rodada, a penúltima da primeira fase, o Inter enfrenta o Esportivo, em jogo ainda sem data. Na terça-feira, estreia pela Libertadores contra o Always Ready, na Bolívia.

Inter faz 2 a 0 no primeiro tempo 

O Inter entrou em campo com alterações em relação ao time que perdeu o clássico Gre-Nal na Arena. Na lateral direita, Heitor iniciou a partida. O recém-contratado Palacios também começou entre os titulares, jogando junto pela primeira vez com o destaque da temporada passada, Thiago Galhardo.

Não demorou muito para se colocar à frente no placar. Aos 18 minutos, Patrick recebeu bola de galhardo e bateu forte, obrigando Raul a fazer boa defesa. na sequência, no mesmo lance, a bola sobrou para Heitor, que fuzilou forte, dessa vez sem chances para o goleiro, fazendo 1 a 0 para o Colorado.

O Aimoré não se intimidou e manteve a presença no campo ofensivo, criando chances de empatar. Na primeira, aos 27, Isaías não alcançou a bola que se apresentou após cobrança de escanteio pela direita.

Três minutos depois, o mesmo Isaías desperdiçou a melhor oportunidade da equipe no primeiro tempo. Após erro de saída de bola do Inter, ele aparou na entrada da área, e limpou a marcação. Saiu na cara de Lomba, driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo e bateu para fora.

Mesmo ameaçando constantemente o gol, o Aimoré foi quem acabou castigado. No fim da primeira etapa, após lançamento pela direita, Galhardo sofreu carga nas costas dentro da área, e o árbitro flagrou o pênalti. Com cavadinha, em lance de muita frieza, o próprio Galhardo ampliou.

Antes do apito final, houve tempo para confusão. Após dividida entre Edenílson e Marabá, o zagueiro Victor Cuesta foi tirar satisfação com o jogador do Aimoré. Os dois se empurraram, e ambos acabaram expulsos pelo árbitro. Com os ânimos menos exaltados e após longos acréscimos por conta do desentendimento, o jogo foi ao intervalo em 2 a 0 para o Inter.

Galhardo garante hat trick no segundo tempo

Logo aos 3 minutos, o Inter teve a chance de encaminhar de vez a vitória. Em cobrança de escanteio pela esquerda, Neto Baiano dividiu com Rodrigo Lindoso e colocou a mão na bola. Patrick foi para a cobrança, mas mandou por cima do travessão do goleiro Raul, desperdiçando a oportunidade.

No entanto, o pênalti perdido não fez falta. Isso porque, minutos depois, Thiago Galhardo foi acionado na entrada da área. Com tranquilidade, o artilheiro do Inter na temporada bateu com categoria, deslocando o goleiro e fazendo 3 a 0.

A partir daí, o jogo ficou movimentado. Aos 10, quando parecia que o Aimoré aceitaria a derrota, veio um princípio de reação. Após escanteio pelo lado direito de ataque, Darlan subiu mais que a zaga e escorou de cabeça, de costas para o gol, anotando para o Aimoré e descontando o prejuízo para os donos da casa.

Era a noite de Thiago Galhardo, contudo. Após trapalhada da defesa do Aimoré, que errou a saída, o atacante Colorado soube aproveitar. Ele levou a bola à frente e tirou com categoria, para anotar o terceiro dele no jogo. Aos 44, Tcharles ainda marcou contra, e Guerrero deu números finais ao confronto já nos acréscimos, reafirmando a goleada do classificado Inter para as semifinais do Gauchão.

CP

voltar
© Copyright 2019