Governo anuncia parcelamento com depósito inicial de R$ 2,15 mil no RS

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta terça-feira (29) que vai parcelar os salários dos servidores públicos e pensionistas vinculados ao Executivo pelo 10º mês consecutivo. Nesta quarta (30), dia de pagamento, será depositado, no máximo, R$ 2.150 para cada matrícula.O Piratini afirma que, desta forma, pouco mais da metade das matrículas receberá o salário integral. O valor inicial depositado aos funcionários é superior ao que foi pago nos meses anteriores. No mês passado, foram depositados R$ 450, e em setembro, R$ 810.

O governo vai usar R$ 219,6 milhões provenientes do acordo judicial com a Ford e R$ 134,5 milhões da venda de créditos da GM. A Secretaria da Fazenda calcula que ainda faltam R$ 438,9 milhões, para saldar a folha de R$ 1,03 bilhão líquido. As remunerações de todos os vínculos deverão ser integralizadas até o dia 13 de dezembro.

Pacote de medidas

O governo gaúcho entregou na terça-feira (22) na Assembleia Legislativa o pacote de medidas para conter a crise no estado. Entre as medidas, estão a extinção de 11 órgãos ligados ao Executivo – nove fundações, uma companhia e uma autarquia – e a redução no número de secretarias, que passa de 20 para 17, com três fusões.

Sartori já afirmou que não há um 'plano b' caso o pacote não seja aprovado na Assembleia. Os deputados têm até o dia 23 de dezembro para votar os projetos, já que depois dessa data se inicia o recesso do legislativo. Há ainda a possibilidade de uma sessão extraordinária.

Com o pacote, segundo o governo, serão demitidos entre 1,1 mil e 1,2 mil servidores – entre efetivos e cargos de confiança.

G1 RS

voltar
© Copyright 2019