Governo do Estado anuncia pagamento de atrasados na área da saúde

O governo do Estado confirmou nesta segunda-feira o repasse de recursos em atraso da saúde aos 497 municípios do Rio Grande do Sul. O anúncio foi feito pelo governador José Ivo Sartori em reunião com o presidente da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Luiz Carlos Folador, e a mais de 30 prefeitos no Palácio Piratini. Serão pagos R$ 177 milhões, referentes ao ano passado, e R$ 66 milhões de2015. A dívida total, de R$ 243 milhões, será parcelada pelo Estado.



"É um esforço que estamos fazendo para pagar um passivo que o Estado tem que honrar. É um momento positivo porque conseguimos equacionar uma dúvida importante. Entendemos que a participação dos municípios é fundamental para o andamento dos programas", enfatizou o governador.



O secretário adjunto da Saúde, Francisco Paz, disse que os R$ 243 milhões serão quitado com as prefeituras em 24 vezes, entre janeiro de 2016 e dezembro de 2017. "É um acordo firmado, que nos permite manter programas como Primeira Infância Melhor (PIM), serviços de urgência e emergência, atendimentos do Serviço de Atendimento Movél de Urgência (SAMU), de Farmácia Básica e de saúde mental", destacou. 



O governo do Estado acumulava atrasos na transferência de recursos para programas municipais de saúde desde 2014. O presidente da Famurs, Luiz Folador, destacou que o acordo é resultado de quatro meses de negociação entre a entidade e o governo estadual. "Para nós, foi uma conquista importante, pautada pelo diálogo e construída dentro da realidade. Entre o ideal e o real, os prefeitos preferem trabalhar com a segunda condição", afirmou.

voltar
© Copyright 2019