Governo do RS exonera servidor detido com carga de vinho contrabandeada na RS-344, em Santa Rosa

Servidor em cargo comissionado dirigia veículo da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural quando foi abordado pela polícia na última sexta-feira (10). Ele e outra pessoa respondem em liberdade.

A Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) informou, nesta segunda-feira (13), que exonerou um servidor em cargo comissionado da pasta que foi detido pela polícia com uma carga de vinho contrabandeada, na última sexta-feira (10). Ele foi abordado pela polícia enquanto conduzia um veículo oficial no entroncamento da ERS-344 com a BR-472, em Santa Rosa, no Noroeste do Rio Grande do Sul.

De acordo com o governo do estado, o servidor vai perder o cargo de coordenador regional da Agricultura a partir da tarde desta segunda, quando a decisão for publicada na edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE).

“A SEAPDR informa que, independentemente da exoneração pela Casa Civil, abrirá procedimento de sindicância para apurar o uso indevido do veículo e demais infrações funcionais. A Secretaria afirma ainda que não chancela, de forma nenhuma, este tipo de postura de seus servidores, sendo a gestão da SEAPDR pautada por transparência e correta aplicação dos recursos públicos, não compactuando com nenhum desvio de conduta e ilegalidade”, disse a pasta em nota.

 

Apreensão

 

Policiais do Batalhão de Polícia da Área de Fronteira abordaram uma caminhonete Nissan Frontier no entroncamento da ERS-344 com a BR-472, em Santa Rosa, na tarde da última sexta-feira.

O veículo, que pertence à SEAPDR, vinha de Porto Lucena. O automóvel foi vistoriado, e os policiais encontraram dentro dele 562 garrafas de vinho estrangeiro sem procedência, o que configura contrabando e descaminho.

Além do servidor, outra pessoa que estava com ele no carro foi detida. A dupla foi levada para a delegacia de Polícia Federal, onde houve o indiciamento. Eles foram liberados para responder pelo crime em liberdade. O veículo e a carga foram apreendidos e levados para a Receita Federal de Santo Ângelo.

Fonte: G1

voltar
© Copyright 2019