Grêmio empata e Inter perde pela 10º rodada do Brasileirão

Grêmio empata com o Fortaleza na Arena

Na tarde deste domingo, o Grêmio empatou com o Fortaleza, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo truncado de pouca qualidade técnica, o Grêmio não conseguiu superar o time nordestino. O atacante Osvaldo abriu o placar para o Fortaleza e o Diego Souza, em cobrança de pênalti, anotou o gol gremista. Com o resultado, o Tricolor Gaúcho ocupa a décima colocação na competição.

A primeira boa chegada foi do Fortaleza, logo aos três minutos. Em investida pela esquerda, o atacante Osvaldo obrigou o goleiro Vanderlei a fazer grande defesa para escanteio. Na sequência do lance a zaga do Grêmio afastou sem maiores problemas. Após o lance, o Grêmio ampliou seu volume de jogo e passou a rondar a área do goleiro do Fortaleza, porém sem perigo.

O Fortaleza abriu o placar aos onze minutos após cruzamento da esquerda feito pelo atacante Osvaldo. Em indefinição defensiva, a bola quicou na grande área e foi para o fundo das redes do goleiro Vanderlei. Um a zero para o Fortaleza.

O Grêmio tentava jogadas pelos lados, mas enfrentava muita dificuldade na criação das jogadas ofensivas. A melhor chegada Tricolor foi em finalização do atacante Alisson, que recebeu passe rasteiro de Diego Souza e finalizou de primeira, obrigando o goleiro Felipe Alves a fazer grande defesa. Aos 32 minutos do segundo tempo, o volante Maicon foi substituído pelo meia Robinho. Até o final do primeiro tempo, o Grêmio seguiu com dificuldades de criação e finalizações e o placar se manteve zerado. No intervalo de jogo, o técnico Renato Portaluppi promoveu a entrada do atacante Luiz Fernando no lugar de Isaque.

No segundo tempo, o Grêmio foi pra cima e logo no início, o atacante Éverton foi empurrado pelo defensor do Fortaleza e o árbitro da partida marcou a penalidade máxima para o Grêmio. A cobrança foi do centroavante Diego Souza, que bateu à meia altura e o goleiro Felipe Alves fez a defesa. No rebote, Luiz Fernando colocou pro fundo das redes, mas o árbitro mandou voltar a cobrança por invasão na grande área. Na segunda cobrança, Diego Souza bateu forte no canto esquerdo do goleiro do Fortaleza, que ainda tocou na bola antes de morrer no gol do time nordestino. Empata o Tricolor na Arena!

O Grêmio melhorou após seu gol e chegava com certo perigo, principalmente com investidas do atacante Luiz Fernando. Porém, aos 25 minutos da etapa complementar, após confusão com o lateral Gabriel Dias, o juiz Igor Benevenutto expulsou ambos atletas, deixando as equipes com dez em campo. Aos 40 minutos, o Grêmio colocou a bola nas redes do Fortaleza com o lateral Orejuela, mas o árbitro assistente invalidou o gol gremista por impedimento no ataque.

No final do jogo, o técnico Renato Portaluppi promoveu a entrada de Ferreira e Guilherme Azevedo nos lugares de Éverton e Orejuela. O Grêmio tentava furar o bloqueio defensivo do time do Fortaleza, mas sem sucesso.

Fim de jogo na Arena, Grêmio 1×1 Fortaleza.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Com um homem a mais, Inter perde para o Goiás no Campeonato Brasileiro

Deivison Ávila Jornal do Comercio
Um time que quer ser campeão não pode desperdiçar pontos diante de uma equipe limitada como o Goiás. No enfrentamento entre o líder e o lanterna do Campeonato Brasileiro, melhor para o último colocado. Mesmo com um homem a mais desde os dois minutos de jogo, o Inter conseguiu perder por 1 a 0, neste domingo (13), no Estádio da Serrinha. A sorte do time de Eduardo Coudet que a maioria das equipes da ponta de cima da tabela também tropeçaram na 10ª rodada e o Inter manteve a liderança.
O Colorado teve a vida mais facilitada aos dois minutos de bola rolando. Jefferson deu uma entrada duríssima em Marcos Guilherme, tirando o atacante da partida. O VAR chamou o árbitro, que havia dado apenas cartão amarelo para o lateral do Goiás. Depois de rever o lance, o juiz expulsou o jogador.
Com mais posse de bola e amplo controle da partida, o Inter trocou passes no campo de ataque, mas não conseguiu ameaçar o adversário. A única chance de abrir o placar ocorreu aos 35 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Abel Hernández, mas o uruguaio concluiu fraco nas mãos de Tadeu.
E para piorar o cenário, aos 43, na única subida ao ataque da primeira etapa, o time esmeraldino abriu o marcador: Daniel Bessa cobrou falta e a bola sobrou para Vinícius Lopes chutar no cantinho esquerdo. Lomba falhou e a bola entrou lentamente.
Coudet iniciou o segundo tempo com Thiago Galhardo, que estava sendo poupado. Só que o cenário pouco mudou. O Inter seguiu lento, trocando passes, sem agredir o Goiás. A primeira chance para buscar a igualdade saiu apenas aos 17 minutos: D’Alessandro cruzou e Pedro Henrique cabeceou com estilo. Tadeu fez grande defesa.
Aos 24, Rodinei cruzou da direita e Abel Hernández perdeu uma chance clara, dentro da pequena área. Nos minutos finais, Tadeu ainda salvou em cima da linha, após bate-rebate na pequena área. O time de Coudet teve 80% de posse de bola e quase 60 bolas levantadas na área sem nenhum sucesso. Na quarta-feira (16), o Colorado troca de competição e retoma os jogos pela Libertadores da América. Em casa, o adversário será os colombianos do América de Cali.
FICHA TÉCNICA
Goiás 1
Tadeu; Edilson, David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson; Sandro, Breno (Ratinho) e Daniel Bessa; Keko (Caju), Rafael Moura e Vinicius Lopes. Técnico: Thiago Larghi.
Inter 0
Marcelo Lomba; Rodinei (Rodrigo Moledo), Pedro Henrique (Lindoso), Victor Cuesta e Moisés; Musto; Edenilson, Praxedes (Thiago Galhardo) e Marcos Guilherme (Boschilia); D’Alessandro (Leandro Fernández) e Abel Hernández. Técnico: Eduardo Coudet.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).
voltar
© Copyright 2019