Grêmio enfrenta o Corinthians nesta quarta-feira

Umas das poucas dúvidas do time do Grêmio para a partida de hoje, às 21h45min, diante do Corinthians, é se Luan sairá jogando ou entrará na segunda etapa. Recuperado da lesão muscular na coxa direita, o camisa 7 é a grande esperança para que o Tricolor volte a atuar em alto nível. Além da recuperação do melhor jogador do elenco, o time de Renato Portaluppi pode diminuir a vantagem de nove para seis pontos para o líder do Campeonato Brasileiro. Com as atenções voltadas para o primeiro duelo da semifinal da Copa Libertadores contra o Barcelona, de Guayaquil, no Equador, no próximo dia 25, o elenco gremista pondera que ainda é vice-líder do Brasileirão. Assim, tem a obrigação de fazer o possível para ganhar na Arena Itaquera. "O jogo vale três pontos. Estamos encarando essa fase final como se todo confronto fosse importante e é assim que temos de encarar esse jogo", minimizou o zagueiro Pedro Geromel, antes de acrescentar. "Claro que é uma partida diferente porque é contra o líder, então precisamos tirar a diferença, porque somos vice-líderes. Vamos fazer de tudo para que isto aconteça." A equipe, contudo, pode ter alguns desfalques. O meio-campo Ramiro e o lateral-direito Edílson, por exemplo, foram poupados do treino de ontem, realizado no CT do Atlético-PR, em Curitiba. No entanto, eles devem estar em campo na noite de hoje. Já Michel, Cristian e Bressan seguem de fora, em processo de recuperação de lesão. Pensando no entrosamento para o torneio continental, o Tricolor deve ir a campo com Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson, Arthur, Ramiro, Arroyo (Luan) e Fernandinho; Lucas Barrios. A polêmica antes da partida ficou por conta da declaração do presidente Romildo Bolzan Júnior em relação ao árbitro do confronto, Héber Roberto Lopes. Em entrevista à ESPN Brasil, ele fez duras críticas ao juiz. "Podemos até ganhar este jogo, mas já arrumaram um jeitinho: botaram o Héber, esse careca vagabundo paranaense", disse Bolzan, que ainda chamou o árbitro de caseiro. Héber se manifestou afirmando que acionará seus advogados para definir se moverá ou não uma ação contra o presidente gremista. –

Jornal do Comércio 

voltar
© Copyright 2019