Grêmio sem desfalques para enfrentar o Guarani-PA pela Libertadores

Eram 22 horas e cinco minutos quando o técnico Renato Portaluppi chegou ao aeroporto Salgado Filho. Junto com seu assistente Alexandre Mendes, o treinador completou a delegação que já estava na sala de embarque para o voo charter Gol 9713 com destino a Assunção. São 59 pessoas entre dirigentes, funcionários e atletas, mas 23 pessoas que compraram passagem para acompanhar o clube na Libertadores. 

Sem atraso, na partida, à espera foi descontraída. Os preparadores físicos garantem que haverá trabalho forte para quem não atuar diante do Guarani. O jogo contra o Novo Hamburgo no domingo é reconhecido como mais decisivo do que o desta quinta. 

O presidente Romildo Bolzan Jr. não se intimida em dizer que "o entendimento gremista é que a decisão da semana acontecerá no domingo". Isto, porém, segundo ele, não significará que no Paraguai possa haver alguma medida de preservação de titulares. 

– Não podemos perder. Temos o jogo em Porto Alegre na semana que vem para garantir a liderança e encaminhar o título do grupo na Libertadores, concluiu Romildo. 

O time deixa Porto Alegre escalado, mesmo que não tenha havido uma declaração definitiva de Renato: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Leo Moura, Bolaños e Pedro Rocha; Luan. 

Também viajaram para o Paraguai:

Goleiros: Leo e Bruno Grassi

Lateral: Bruno Cortez

Zagueiros: Bruno Rodrigo, Rafael Thyére e Bressan

Meio-campistas: Jaílson, Michel, Arthur, Kaio, Machado, Lincoln e Gastón Fernandez

Atacantes: Fernandinho, Lucas Barrios e Éverton 

Dos inscritos na Libertadores, apenas três jogadores não acompanharam a delegação: o goleiro Dida, o lateral Léo Gomes e o atacante Beto da Silva, os dois últimos se recuperando fisicamente e Dida em função de já haver dois suplentes para Marcelo Grohe.

 O Grêmio ficará hospedado no Paraguai no Bourbon Hotel , ao lado da sede da Conmebol na cidade de Luque. O único treino antes do jogo de quinta acontecerá no Estádio Defensores del Chaco às 16 horas desta quarta (17 horas no Brasil). 

voltar
© Copyright 2019