Grêmio sofre empate do Corinthians no fim e pode confirmar queda na segunda-feira

O Grêmio precisava de um jogo sem erros para seguir com vida no Brasileirão. E, na tarde deste domingo, na Neo Química Arena, conseguiu até os 41 minutos do segundo tempo. A frustração veio com o gol no fim que acabou empatando a partida em 1 a 1 contra o Corinthians. Com o resultado, o Grêmio vai apenas a 40 pontos, segue no Z-4 e pode ser rebaixado já nesta segunda-feira, dependendo da combinação de resultados.

O gol do Grêmio na partida foi marcado por Diego Souza. Aos 29, ele recebeu cruzamento de Ferreira da esquerda, ajeitou no peito e bateu na saída do goleiro Cássio. No fim, Renato Augusto, com um chutaço de fora da área, definiu a igualdade.

O Grêmio volta a campo na quinta-feira, quando enfrenta o campeão brasileiro Atlético-MG, às 21h30min. A partida, válida pela 38ª e última rodada do Brasileirão acontece na Arena.

Diego Souza dá esperanças ao Tricolor

O time que entrou em campo para a partida decisiva foi quase o mesmo que venceu o São Paulo na Arena. A principal alteração já havia sido adiantada pelo técnico Vagner Mancini na quinta-feira. Jhonata Robert, autor do golaço que fechou o placar, foi o escolhido para substituir o suspenso Douglas Costa, que recebeu o terceiro cartão amarelo na saída do campo, por atrasar a substituição.

Como era de se esperar, o jogo começou muito tenso na Neo Química Arena. Antes dos 20 minutos, o Grêmio já tinha feito dez faltas, contra nenhuma do Corinthians. E recebeu dois cartões amarelos, para Kannemann e Rafinha. O lateral Diogo Barbosa, depois de falta dura em Willian, escapou por erro da arbitragem.

Quando o Corinthians se encontrou mais no jogo, levou muito perigo aos 31 minutos, com jogada nas costas da zaga. Ela chegou até Willian, que finalizou na trave. O bandeira flagrou impedimento, mas para sorte do Grêmio, ela não foi no gol. Caso isso acontecesse, o VAR provavelmente validaria, já que Kannemann parecia dar condições.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, veio o gol da esperança. Ferreira recebeu bola na esquerda, levou ao fundo e evitou a saída. Ele cruzou para Diego Souza que, matando no peito, tirou a marcação de Fabio Santos. Ela sobrou para ele tocar na saída de Cássio e fazer 1 a 0 para o Tricolor.

Antes do intervalo, com os ânimos ainda acirrados, um princípio de confusão. Jhonata Robert fez falta em Roger Guedes, que revidou. O zagueiro Geromel foi tirar satisfação e houve empurra-empurra. O árbitro deu um amarelo para cada lado, tirando mais um zagueiro do Tricolor da última partida – Kannemann também fica suspenso. Ainda assim, o juiz controlou a partida e não houve necessidade de cartão vermelho até o fim da etapa inicial.

Gol de Renato Augusto frustra

O técnico Vagner Mancini posicionou o Grêmio, pelo menos no início do segundo tempo, com as linhas mais baixas, dando muito campo ao Corinthians. Com isso, o alvinegro veio para o ataque, e jogou mais com Willian, um dos destaques dos donos da casa. Aos 6, ele trouxe da direita, limpou a marcação e bateu forte, obrigando Gabriel Grando a fazer grande defesa, espalmando para escanteio.

Aos poucos, no entanto, o Grêmio começou a voltar para a partida no segundo tempo. E contou, também, com uma certa displicência do Corinthians, especialmente do sistema defensivo. Ao errar saídas de bola em sequência, deu chances para o Grêmio matar o jogo, especialmente com Jhonata Robert, pela direita.

Aos 25 minutos do segundo tempo, Mancini botou o time mais atrás. Sacou Campaz, um pouco apagado da partida, e colocou o volante Villasanti. Também houve mudança no comando de ataque. Sacou o já cansado Diego Souza e colocou Borja. E o amarelado Rafinha, depois de mais uma falta deu lugar a Ruan. Já Vanderson entrou no lugar de Jhonata Robert.

No fim, veio o castigo por abdicar do jogo. Renato Augusto recebeu na intermediária aos 40 minutos e, com um chutaço, fulminou para o 1 a 1 sem chances para Gabriel Grando. Resultado deixou muito difícil a permanência do Grêmio na Série A, com o rebaixamento matemático podendo ser confirmado na segunda.

Campeonato Brasileiro – 37ª rodada

Corinthians 1

Cassio; Du Queiroz, João Victor e Gil; Fabio Santos, Xavier (Gabriel Pereira), Giuliano (Gustavo Mosquito), Renato Augusto e Willian (Luan); Roger Guedes e Jô (Vitinho). Técnico: Sylvinho

Grêmio 1

Gabriel Grando; Rafinha (Vanderson), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Matheus Sarará), Lucas Silva, Campaz (Villasanti), Ferreira e Jhonata Robert (Ruan); Diego Souza (Borja). Técnico: Vagner Mancini

Gols: Diego Souza (39/1T) e Renato Augusto (41/2T)

Cartões amarelos: Roger Guedes (Corinthians); Kannemann, Geromel e Rafinha (Grêmio)

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (SP)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

voltar
© Copyright 2019