Grêmio vence Atlético-MG e fica a um ponto do segundo lugar

A vitória foi sofrida e sem um futebol exuberante, mas o Grêmio fez valer as chances para anotar 2 a 1 sobre o Atlético-MG, neste domingo, e seguir na luta pelo vice do Brasileirão. Os três pontos conquistados na Arena vieram na vontade e na bola parada e deixaram o Tricolor a um pontinho do segundo lugar. Vai precisar da vitória sobre o Joinville na rodada final e de um empate do Galo contra a Chapecoense.



O primeiro tempo começou devagar, com as equipes estudando a marcação e ameaçando pouco as metas. O Grêmio conseguiu abrir o placar, com Everton, e aí a partida ganhou em velocidade e alternativas. Numa falha da zaga gremista, veio o pênalti para o Galo igualar.



Everton abre o placar



Logo aos três minutos, Galhardo ergueu bola com perigo na área e Geromel desviou de leve para defesa de Victor. Aos dez minutos, o lance mais polêmico: Rafael Carioca bloqueou bola cruzada com a mão, mas a arbitragem não marcou pênalti para o Grêmio.



Mas o gol gremista estava encomendado. Aos 29 minutos, Marcelo Oliveira rolou para a entrada da área, Everton dominou, driblou um marcador e chutou rasteiro. A bola passou entre Victor e a trave no canto esquerdo para balançar as redes e fazer a festa da torcida.



O Tricolor ainda teve a chance de ampliar aos 35 minutos. Douglas lançou Everton na cara do gol, o atacante engatilhou o chute e mandou forte, mas por cima. Ao mesmo tempo, Marcelo Grohe foi substituído por lesão, com Bruno Grassi entrando com a missão de manter a meta invicta.



Galo iguala na penalidade



Três minutos depois, castigo não merecido para os donos da casa. Geromel foi driblado por Dátolo e puxou a camiseta de forma infantil, dentro da área. Lucas Pratto cobrou o pênalti com força e qualidade. Grassi voou no canto esquerdo, mas a bola já beijava as redes para o 1 a 1 no lado direito.



A segunda etapa começou muito complicada para o Tricolor. Roger lançou Bobô no lugar de Pedro Rocha, mas a alteração pouco fez para aumentar as chances ofensivas do Grêmio. Quem passou a pressionar pela virada foi o Atlético-MG.



Aos nove minutos, foi Dátolo que quase anotou o segundo gol. Recebeu livre na intermediária, virou e mandou o chute forte. Mas Marcelo Oliveira se jogou na frente para afastar. Depois, Bruno Grassi teve de se esticar para defender o chute cruzado de Patric. 



Luan brilha na bola parada



O Grêmio ainda deu chance para o Luan errado marcar gol. O baixinho do Galo recebeu livre na entrada da área e disparou um chutaço que tiro tinta do travessão. Só que predestinado ao gol estava o Luan gremista. Numa partida muito apagada, errou passes e não fez conclusões ao gol. 



Mas aos 20 minutos veio uma falta na frente da área. Em jogada ensaiada, o Tricolor formou uma barreira ao lado da barreira do adversário e Luan chutou ali. Bateu rasteiro, no canto direito, e o goleiro Victor ficou plantado na linha enquanto a bola anotava o 2 a 1 lá no fundo, aos 23 minutos da etapa final.



O Galo veio com tudo, mas o Grêmio soube segurar a pressão. Roger ainda tirou Douglas, cansado, para lançar Edinho. Quando a marcação falhou, Grassi fez boa partida. Patric testou o goleiro gremista de novo, num chute de primeira da entrada da área, mas Grassi pegou em dois tempos. Aos 44 minutos, salvou a vitória com uma defesaça. Luan rolou para Giovani Augusto, que chutou forte no canto direito. Grassi voou, esticou-se todo e espalmou para fora da área, decretando a vitória tricolor.



Brasileirão – 37ª rodada



Grêmio 2 

Marcelo Grohe (Bruno Grassi); Galhardo, Geromel, Erazo e M. Oliveira; Walace, Ramiro, Douglas (Edinho) e Éverton; Pedro Rocha (Bobô) e Luan. Técnico: Roger Machado.



Atlético-MG 1

Victor; Patric (Carlos), Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete (Dodô), Rafael Carioca, Dátolo e Giovanni Augusto; Luan e Lucas Pratto. Técnico: D. Giacomini.



Gols: Everton (29min/1ºT) e Luan (25min/2ºT), para o Grêmio, Lucas Pratto (41min/1ºT), para o Atlético-MG.

Cartões amarelos: Geromel, Douglas (G); Luan, Dátolo, Rafael Carioca, Leandro Donizete e Jemerson (A)

Local: Arena.

Árbitro: Péricles Cortez.

 
voltar
© Copyright 2019