Grêmio vence o São Paulo e constrói vantagem para o jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil, no Morumbi

O Grêmio deu início a decisão da semifinal da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira. Em campo na Arena, o Tricolor enfrentou o São Paulo, no jogo de ida da fase mata-mata da competição e venceu pelo placar de 1 a 0, conquistando vantagem para o último confronto, na próxima semana.

Os 45 minutos iniciais foram polêmicos, com muitas faltas marcadas e até um gol anulado, assinalado por Victor Ferraz. Apesar da pressão gremista, o placar não foi aberto na etapa inicial.

Depois de algumas alterações promovidas pelo técnico Renato Portaluppi no segundo tempo, o Tricolor conseguiu ter um pouco mais de intensidade e efetividade. Aos 17 minutos, depois de um cruzamento na área de Ferreira, Pepê ajeitou de cabeça e, entre a marcação, Diego Souza mandou para o fundo das redes, abrindo a contagem na Arena.

Com o resultado, o Grêmio viaja para São Paulo com vantagem para o jogo de volta, que será disputado na próxima quarta-feira, 30, às 21h30, no Morumbi.

Primeiro Tempo 

Os minutos iniciais foram movimentos. O São Paulo pressionou, criando algumas oportunidades. Numa delas, Igor Gomes tabelou com Juanfran, que fez um cruzamento na área, mas Kannemann cortou. Na sobra, Daniel Alves mandou a gol – a bola desviou na zaga e saiu.

Com seis minutos de jogo, Diego Souza dividiu uma bola com Bruno Alves, que deu uma cotovelada no centroavante, sendo apenas punido com cartão amarelo. Na cobrança, Diogo Barbosa colocou na área e Victor Ferraz, em condições, desviou para o fundo das redes. A arbitragem anulou o gol que seria legítimo do Tricolor, por impedimento de Diego Souza, no lance.

Não demorou para mais uma vez Diego Souza sofrer uma nova falta, agora de Arboleda, que acertou o joelho nas costas do camisa 29, mas apenas a infração foi assinalada.

Com 14’ jogados, o Grêmio chegou com uma boa trama, em que Pepê recebeu um passe em profundidade na área, mas Volpi conseguiu afastar. Pepê ainda tentou a sobra e começou um novo lance, mas que terminou com a defesa paulista.

Três minutos depois, os visitantes tiveram uma oportunidade em cobrança de falta da intermediária. Daniel Alves colocou na área, mas Thaciano fez o corte, mandando a bola para o campo de ataque.

Em uma nova chance, Matheus Henrique deu um lindo passe em profundidade na direita para Thaciano, que recebeu, invadiu a área, mas ao tentar desviar da marcação, acabou perdendo a bola, aos 20’. Na sequência, Thaciano fez um bom cruzamento na área, para Pepê que ia chegando para completar, mas a defesa cortou pela linha de fundo.

Passados 30 minutos, depois de uma boa trama, a bola chegou a Geromel, no meio que chutou colocado e por pouco não assinalou um golaço. No lance, o zagueiro acabou sentindo a posterior da coxa esquerda e foi substituído por Rodrigues.

Com 37’, Gabriel Sara recebeu passe de Juanfran na direita e chutou rasteiro, cruzado, mas Vanderlei segurou firme. Em seguida, foi a vez de Reinaldo arriscar de longe, mandando sem perigo, longe da meta gremista. Do lado Tricolor, depois de um bate-rebate na área, a bola sobrou para Darlan, que chutou forte, mas o arqueiro paulista defendeu.

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação. Com 4 minutos, depois de uma boa trama no campo de ataque, Diogo Barbosa fez um cruzamento na área, mas o lance foi anulado por impedimento de Thaciano, que desviava de cabeça. A resposta paulista veio de imediato, com uma troca de passes rápida. Luan acionou Daniel Alves que venceu a marcação e cruzou rasteiro. Por detalhe, Brener não alcançou para mandar a gol.

Com 11 minutos, o São Paulo chegou novamente com perigo, quando Daniel Alves, livre, acionou Luciano ingressando na área. O atacante mandou de primeira, mas por sobre o gol.

Aos 17 minutos, o Grêmio foi efetivo e, na raça, abriu o placar na Arena. Pela direita, Ferreira fez um cruzamento da linha de fundo na área, Pepê escorou de cabeça e, entre os zagueiros, Diego Souza mandou para o fundo das redes, assinalando o primeiro gol da partida.

Passados 23’, o Grêmio teve uma falta a seu favor próximo a área, pela esquerda. Jean Pyerre chutou colocado, tirando tinta da trave – mas a bola saiu à esquerda da meta paulista.

Já o São Paulo respondeu aos 30’, com Brener, que recebeu um passe da esquerda e chutou a gol, mas Vanderlei defendeu com tranquilidade.

Seis minutos depois, o Grêmio tentou um lance com Diego Souza, que acabou dividindo com Tchê Tchê, com falta. Aos 39’, o Tricolor teve ainda um escanteio a seu favor. A bola foi colocada na área, mas a defesa paulista cortou.

Na reta final, aos 43’, o São Paulo ainda tentou empatar, com Brenner arriscando um chute de fora da área, mas Rodrigues cortou. O Grêmio também respondeu com um cruzamento de Ferreira, mas a zaga afastou. No último lance, nos acréscimos, Juanfran colocou a bola na cabeça de Brener, que obrigou uma grande defesa de Vanderlei.

Final de jogo: Grêmio 1, São Paulo 0.

Com o resultado, o Grêmio viaja para São Paulo com vantagem para o jogo de volta, que será disputado na próxima quarta-feira, 30, às 21h30, no Morumbi.

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

voltar
© Copyright 2019