Incêndio atinge unidade de plásticos da Marcopolo no bairro Ana Rech, em Caxias

Caminhões do Corpo de Bombeiros de Caxias dos Sul, da Brigada de incêndio da Marcopolo, com apoio de diversas cidades da região, atenderam na tarde deste domingo (3) um incêndio de grandes proporções na unidade de plásticos da principal fábrica em Caxias do Sul, no bairro de Ana Rech. O prédio atingido fica isolado das demais áreas de produção principal da Marcopolo. 

De acordo com o diretor de Recursos Humanos da Marcopolo, Thiago Deiro, ninguém ficou ferido e o fogo foi controlado antes das 19h, embora os Bombeiros permaneçam com o rescaldo por conta dos materiais inflamáveis armazenados no pavilhão. Ninguém ficou ferido. Ainda conforme o diretor, a fábrica estava parada no momento em que o fogo começou e não havia trabalhadores no local.Não haverá expediente para os trabalhadores das áreas de produção, logística e qualidade de linha e fabricação dos turnos diurno e noturno das unidades Ana Rech, Plásticos e Planalto nesta segunda-feira (4). De acordo com Deiro, cerca de 75% dos trabalhadores serão afetados, o equivalente a mais de 6 mil funcionários. 

O diretor de operações industriais, Lusuir Grochot, diz que na unidade de plásticos eram fabricadas a parte da frente, traseira e teto dos ônibus. Nesta segunda-feira será avaliado o tamanho do prejuízo e o tempo em que a produção ficará parada. Conforme o diretor, a companhia estuda alternativas. A Marcopolo tem outra unidade de plásticos na fábrica do Rio de Janeiro. Fornecedores de Caxias também estão sendo contatados para auxiliar na reestruturação das operações.

O trânsito da BR-116 foi totalmente bloqueado na região e foi liberado por volta das 18h30min. Ainda não há informações do que teria causado o incêndio. 

voltar
© Copyright 2019