INSS convoca 10,4 mil beneficiários para perícia no RS.

O governo federal convocou para perícia médica 10.405 gaúchos que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Em todo o país, 94.019 pessoas foram convocadas, e devem procurar o INSS até 13 de abril.

O edital de notificação foi publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (23). A lista completa com os nomes das pessoas chamadas foi publicada no site do Ministério do Desenvolvimento Social e dividida por estado e ordem alfabética. 

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Alberto Beltrame, informou ao G1 que o edital notifica os segurados do INSS em dois casos:

 

  • Beneficiários que precisam passar pelo exame e não foram localizados em razão de endereço desatualizado ou com informações incorretas;
  • Beneficiários que receberam a carta do INSS, que comunica a necessidade do exame, mas não agendaram a perícia no prazo determinado.

 

O beneficiário deve agendar a perícia pela Central de Atendimento da Previdência Social, no telefone 135. O ministério informou que o prazo-limite vai até 13 de abril.

Caso a perícia não seja agendada, o pagamento ficará suspenso até o convocado regularizar sua situação. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS neste prazo, o benefício será cessado.

 

Pente-fino

 

A Operação Pente-Fino do INSS, que visa combater o pagamento irregular de auxílio-doença em todo o país, já suspendeu 86% dos benefícios analisados no Rio Grande do Sul. Até o início deste mês, haviam sido feitas 46.280 perícias no estado, e 40.194 benefícios foram cancelados.

Com essa medida, o governo federal espera economizar R$ 700 milhões por ano.

Do total de 91.838 benefícios de auxílio-doença que seriam revisados no estado, restavam ainda pouco mais de 42 mil que ainda não tinham passado pela perícia.

A expectativa do governo federal é concluir as revisões em maio deste ano.

 

Leia a nota divulgada pelo MDS

 

"NOTA EXPLICATIVA

O INSS, para bem informar seus segurados, esclarece que no Edital contido nas páginas 121 a 367 na Seção 3 do Diário Oficial da União – D.O.U. publicado em 23/03/2018, nos termos do artigo 617 da Instrução Normativa nº 77, de 21 de janeiro de 2015, o prazo para agendar a perícia pelo telefone 135 se encerra em 13 de abril de 2018.

Ressaltamos que caso a perícia não seja agendada, o benefício será suspenso, suspensão que repercutirá efeitos em até 60 dias para agendamento do exame médico pericial. Expirado o prazo de 60 dias, o benefício será cessado.

 

Informamos que foram notificados os beneficiários não encontrados por inconsistência no endereço e quem recebeu a carta pelos Correios, mas não agendou a perícia no prazo determinado."

Fonte: g1 RS 

voltar
© Copyright 2019