Inter goleia Chapecoense no Gigante e sobe na tabela

Com boa atuação no Beira-Rio, o Internacional venceu a Chapecoense por 3 a 0 na noite desta segunda-feira e subiu na tabela de classificação do Brasileirão. Lucca abriu o placar no primeiro tempo e Rodrigo Moledo e Patrick ampliaram na etapa final da partida válida pela sexta rodada. O resultado deixa o time colorado com oito pontos, na décima colocação. O próximo adversário é o Corinthians, domingo (27/5), às 16h, no Gigante. Confere como foi a história do jogo!

D'Ale vetado e Lucca ganha chance

O time que iniciou o duelo teve uma baixa de última hora: D'Alessandro, com uma entorse no tornozelo esquerdo, foi vetado pelo departamento médico. Com isso, Lucca foi a novidade entre os titulares. Recuperado de lesão, Edenilson voltou à equipe e, na lateral direita, Zeca fez sua primeira partida no Beira-Rio. O Colorado começou com: Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado e Edenilson; William Pottker, Patrick e Lucca; Leandro Damião.

Equilíbrio de ações

Quando a bola rolou, o Inter foi fulminante na sua primeira investida. A 1min20seg, Rodrigo Dourado fez lançamento longo para William Pottker – o atacante iria invadir a área livre de marcação, mas o goleiro Jandrei abandonou a meta e, com os pés, afastou providencialmente o perigo. Aos 7min, a Chapecoense mostrou suas armas em chute de Guilherme que Danilo Fernandes espalmou para escanteio. Aos 15min, Leandro Damião escorou com o peito e Patrick disparou uma bomba que saiu à direita do gol catarinense. Aos 21min, um susto: Arthur Caike arriscou da entrada da área e bola explodiu na trave esquerda.

Golaço de Lucca!

O Inter abriu o placar aos 38min em uma jogada coletiva. Tudo começou com Leandro Damião buscando, com uma meia-bicicleta, uma bola que estava quase saindo na linha de fundo. Ela sobrou para Edenilson, que acionou Lucca nas proximidades da área. Com um chute rápido e preciso com a perna direita, o atacante acertou o cantinho esquerdo. Um golaço, o seu primeiro com a camisa do Clube do Povo!

A noite era definitivamente colorada. Aos 15min do segundo tempo, Lucca cobrou falta e Rodrigo Moledo apareceu soberano na área para desviar de cabeça para o fundo do gol. 2 a 0! Foi o primeiro gol do zagueiro no seu retorno ao Inter.Mesmo com a vantagem, o Inter não tirou o pé. Manteve o controle sobre o adversário e seguiu especulando no ataque. Aos 38min, Rossi – que havia entrado no lugar de William Pottker – cruzou na medida para Patrick cabecear por cima de Jandrei. Mais um belo gol!

Aos 44min, em rara tentativa da Chape, Amaral cabeceou e Danilo Fernandes fez grande defesa, evitando o gol de honra dos visitantes. Um minuto depois, Wellington Paulista cabeceou por cima do gol, no último lance da partida.  

Ficha técnica:

Internacional (3): Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado e Edenilson (Juan Alano); William Pottker (Rossi), Patrick e Lucca; Leandro Damião (Nico López). Técnico: Odair Hellmann.

Chapecoense (0): Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Canteros (Nenén); Guilherme (Bruno Silva), Arthur Caike e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

Gols: Lucca (I), aos 38min do primeiro tempo, Rodrigo Moledo (I), aos 15min do segundo tempo, Patrick (I), aos 38min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Bruno Pacheco, Wellington Paulista (C); Víctor Cuesta (I).

Público total: 17.740.

Público pagante: 15.333.


Menores: 900.

Não pagantes: 1.507.

Renda: R$ 480.225,00.

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro (trio de São Paulo).

Local: Beira-Rio.

voltar
© Copyright 2019