Inter mantém mandato presidencial de 2 anos e aprova Conselho de Gestão

O Conselho Deliberativo do Internacional esteve reunido na noite desta segunda-feira para votar algumas alterações na vida política do clube.

A primeira pauta colocada em discussão foi sobre a formação de um Conselho de Gestão, formado pelo presidente e mais dois vice-presidentes eleitos, como estabelece o modelo atual. A novidade será a introdução de mais dois integrantes na diretoria. Estes, porém, serão indicados pelo presidente e poderão ser pessoas que não tenham atuação política no clube.

De forma quase unânime, por parte dos 225 conselheiros presentes, também ficou definido que o mandato do presidente do clube permanecerá sendo de dois anos e não três, como estava proposto. Dessa forma, também não haverá aumento do tempo do mandato dos conselheiros, que permanecerá sendo de quatro anos e não de seis anos, como poderia ocorrer caso a medida fosse aprovada.

Uma questão sempre polêmica em eleições de clubes de futebol é a chamada cláusula de barreira. No Inter, ela é de 15% e foi mantida com 221 votos dos conselheiros.

voltar
© Copyright 2019